[5ª Edição] ‘Top Secret – A Crónica’: A análise do “Secret Story 4″


‘Top Secret – A Crónica’: A análise semanal do “Secret Story 4″

‘Top Secret – A Crónica’: A análise semanal do “Secret Story 4″

Uma semana marcada por uma missão já conhecida dos Portugueses: a falsa desistência da Sofia. Como já disse antes, eu gosto dela e simpatizo com ela, mas acho que ela devia lutar mais contra “si própria” para não se humilhar e manter a sua dignidade. Uma mulher apaixonada pode cometer muitas loucuras, o amor cega as pessoas, mas tem de haver limites, ela não se pode anular publicamente em prol de uma pessoa que já mostrou que não quer mais nada dela.

Acho que ela podia dar muito mais e chegar muito mais longe se deixasse de ser a “Sofia louca pelo Tierry”, sem dúvida que tem muito mais a ganhar que ele. Quanto à missão, mais do mesmo, apesar desta vez quase ninguém desconfiar que era missão. Na gala também foi dada imunidade ao Tierry e podiam ter disfarçado melhor, quer dizer, dissesse ele que sim ou que não ficava imune na mesma. Que o jogo é viciado já se sabe, mas ao menos disfarçavam melhor.

Na gala passada gostei bastante da sala dos vidros e achei vergonhoso o momento com o Lourenço. Ele mostrou ser coerente e sensato e é óbvio que eles estando um ano separados e tentando ele a reconciliação, estranhe e ache que é necessário esclarecer coisas antes de dizer que sim abertamente sem reticências. Parece que só a TVI e a Teresa Guilherme é que acham que não. Ah, e a namorada dele de quem eu não consigo gostar…

A maior surpresa da gala, para mim, foi a saída da Rute. Duvido que aqueles fossem os resultados finais. Acho que houve dedinho para manter a Diana devido ao trio com o João e a Érica. Tive pena, não a suporto e gostava da Rute, ao menos preocupava-se com segredos, que devia ser a principal preocupação de todos mas só 2 ou 3 pensam neles. Não gostei de ver a Maria Joana revelar praticamente o segredo ao Tierry, acho que lhe deu demasiadas pistas, óbvias e isso não devia ser permitido e até mesmo ela devia ter cabecinha para perceber que não o devia fazer.

Já a Joana chegou ao segredo que todos achávamos vir a ser o último a ser descoberto: o Lourenço é transexual. Por um lado fico feliz que seja já revelado porque quero ver reacções dos colegas, e agora ainda está muita gente e não havia o risco do Lourenço sair antes do segredo ser revelado. Espero que a Joana carregue e não faça o mesmo que fez com o segredo da Sofia e do Tierry. Acima de tudo estão ali para jogar e acho que isso devia ser o mais importante, os “amigos” também devem perceber isso.

Ontem foi noite de nomeações, e Pedro – esse concorrente que ninguém se lembra que existe – e Rúben juntam-se a Bernardina. Espero que saia o Pedro, obviamente, uma vez que eu quando o vejo tenho uma reacção do genéro “Ahhhh, este! Já nem me lembrava que lá estava” e desconfio que deve ser reacção de muitas outras pessoas. Fiquei feliz com a sua nomeação, ele não faz lá nada e não me parece que vá dar algum dia. Ter entrado tarde também deve dificultar a integração mas de qualquer forma é o que menos dá à casa. Já o Rúben, é um cromo, que sabe muito mais do que aparenta mas engraço com ele. Tem uma maneira tão tosca de andar e falar que chego a rir-me bastante com ele. Parece parvinho mas duvido que o seja realmente.

Top +
– Sala de Vidros na gala
– Joana a descobrir o segredo de Lourenço
– Nomeação do Pedro

Top –
– Saída da Rute
– Forma com que Tierry ficou imune
– Cena do Lourenço/Namorada

Por Sandra Rodrigues

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close