[9ª Edição] ‘Top Secret – A Crónica’: A análise do “Secret Story 4″


‘Top Secret – A Crónica’: A análise semanal do “Secret Story 4″

‘Top Secret – A Crónica’: A análise semanal do “Secret Story 4″

Começando a crónica semanal pela gala de Domingo, devo dizer que para mim foi uma das piores galas de todas as edição da “Casa dos Segredos”. Não achei piada ao Diogo ter de cortar o cabelo, nem às tartes e muito menos aos choques eléctricos. Acho que para se conseguirem bons resultados audiométricos não precisam de descer tão baixo.

Já o início até trouxe boas notícias: o castigo para a Bernardina e Joana por não só não terem defendido o segredo nem feito o minimo esforço bem como ainda andarem quase a revelá-lo a alguns colegas. Achei que a história da produção do Tiago ou do Luís poderem salvar uma era claramente para proteger a Joana e nomear a Bernardina uma vez que pensei, tal como eles devem ter pensado, que o Luís saberia mais coisas da Joana do que o Tiago da Bibi uma vez que estes dois últimos estão mais entretidos aos beijos e às cambalhotas na cama e não conversam assim tanto. Já a condução desta parte pela Teresa Guilherme foi deplorável. Este era um momento sério: a nomeação directa de uma concorrente e imunidade a outra e a apresentadora não levou o momento com o respeito devido. Estava constantemente a dar ajuda, pistas e a enfatizar a resposta correcta. Acho que ela deveria ter formulado as perguntas e dado opção de resposta sem esses floreados e sem ajudar como o momento convinha. Um dos grandes problemas da Teresa Guilherme é não saber ser nem fazer o minimo esforço de se mostrar imparcial, demonstra sempre demasiados favoritismos e isso prejudica o jogo, na minha opinião.

Felizmente os fãs votaram “não” à pergunta formulada pela produção de se quereriam ver um encontro entre o Tierry e a Sofia na gala e, ao contrário da opinião da Teresa Guilherme, que ficou contente porque a quer empurrar para o Diogo, eu fiquei aliviada porque acho que já chega de meter o Tierry na casa. Ele desistiu, desistiu. Chega de ir à casa visitar a Débora, falar com a Sofia, coisas dessas.

A gala culminou com a saída da Diana, algo que me agradou. Não tinha nenhum gosto particular por nenhum dos nomeados mas queria ver o João sozinho com a Érica, a quem tiro o chapéu por conseguir superar e ter garra para estar numa casa onde há momentos em que estão todos contra ela. Quantos aos outros, o Diogo continua a deixar-me de pé atrás. Acho que ele anda entre a Sofia e a Maria Joana por pura estratégia. Também não gostei de uma discussão que ele teve com a Érica em que depois foi para o confessionário quase chorar.

Para domingo, espero que saia a Joana. O Bruno e o João são me ambos indiferentes, já a Joana caiu a pique no meu top a partir do momento em que foi incoerente na história da Leninha. Tenho dúvidas que saia, infelizmente mas gostava que assim fosse. Contudo, se não for ela que seja o Bruno, que pouco ou nada faz.

Top +
– Joana nomeada
– Érica

Top –
– Teresa Guilherme
– Gala
– Diogo

Pode comentar tudo nesta página, no Fórum Zapping ou no Facebook.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close