«A SIC está a viver um ciclo muito bom», Ricardo Pereira

O ator está contente com a sua participação em “Dancin’ Days”

Ricardo Pereira passou a mais longa temporada em Portugal desde há anos. Isso permitiu ao ator uma participação maior na ficção da SIC. E se em “Laços de Sangue”, por exemplo, a sua estadia se resumiu a 2 episódios, em “Dancin’ Days” a personagem veio para ficar. «Passar uma temporada maior em Portugal deu-me oportunidade de voltar às novelas de forma mais intensa. Desta vez no papel do pai da Mariana [Joana Ribeiro] e ex-namorado de Júlia [Joana Santos]. Os próximos episódios vão credibilizar a personagem», conta à Correio TV desta semana.

Em relação à liderança da SIC em horário nobre durante o ano de 2012 e a subida no all day, o ator refere que «as televisões vivem ciclos e a SIC está a viver um muito bom, com apostas certas. Fico feliz com a liderança do horário nobre. Mas, enquanto artista, quero que RTP SIC e TVI difundam bons programas para que os artistas possam trabalhar»

Portugal e o Brasil não estão, na opinião de Ricardo Pereira, muito afastados quanto à qualidade das novelas. O facto de a Globo ter uma estrutura fixa e gigantesca é que desequilibra os pratos da balança. «A forma de fazer, os atores, o tamanho das equipas… é tudo muito similar. A grande diferença é o PROJAC, a cidade cinematográfica que facilita a produção. Anunciar numa novela da Globo, que chega a 200 milhões de pessoas, custa muito mais do que anunciar para 10 milhões de pessoas (…) esta é a grande diferença».

Com uma personagem que fala português, francês e italiano, Ricardo Pereira está a gravar “Cadences Obstinées”. Gérard Depardieu e Nuno Lopes também fazem parte do elenco. «O filme é forte, aborda as relações humanas, os desejos e os sonhos não concretizados», explica também à Correio TV.

Depois do filme o ator regressa ao Brasil para uma nova novela, mas antes tem ainda um compromisso com a Globo. «Antes da novela tenho outro trabalho na Globo, mas não posso revelar. Pode passar pela ficção, pelo entretenimento… é um projeto aliciante e novo», confidenciou sem adiantar pormenores.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close