“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 46 (14 a 20 de janeiro)

Tiago liga para Vera e esta não atende. Cláudia olha furiosa para Tiago por descobrir que ele estava a tentar falar com Vera.

Tiago acaba por contar a Cláudia que Vera é sua colega na PJ e é por esse motivo que tem de estar em permanente contacto com ela e Cláudia diz-lhe não acredita e avisa-o para se preparar para sair de casa.

Cláudia chora e deita-se junto a Flor. Elvira e Ricardo ficam em choque por Max contar que seguiu Vera e que presenciou ela a matar Rute. Elvira diz a Ricardo que aquele homicídio perpetrado por Vera só vem reforçar que só pode ser ela o assassino que os quer matar.

Ricardo apresenta Elvira a Mónica como sendo sua prima, dizendo que ela e o seu irmão Max estão ali a viver uns tempos com ele. Elvira ouve irritada Ricardo a garantir a Mónica que ela e Max só ficam lá mais uma semana em casa.

Simão conta a Tiago que Dalila confessou a Lara que foi assediada por Jaime no passado. Lara sorri por Simão dizer que vai fazer tudo, mesmo que isso signifique problemas com a família.

Valdemar recorda quando Augusto o chama de oportunista. Isaura, que ouviu tudo, olha satisfeita para o papel onde Augusto apontou a morada. Vera chega a casa muito tensa e não repara que Gonçalo está na sala. Vera despe-se e guarda as roupas e vai à rua colocar o saco no lixo.

Ricardo reconhece a mulher que Rute como amante de Paulo, ficando convencido de vez que Vera é mesmo o assassino que quer acabar com eles. Diana deixa uma mensagem de voz a Mónica a pedir-lhe que dê notícias. Tiago chama Diana e diz-lhe ter uma nova pista sobre o assassino.

Elvira, guarda o telemóvel que usou para ligar a Tiago e diz a Jaime e Ricardo que lhe devem um agradecimento por se irem ver livres de vez de Vera. Vera acorda e ouve a mensagem de voz de Tiago a dizer-lhe que descobriu que Rute tinha uma relação com Paulo e a avisá-la para não lhe esconder nada do que sabe.

Tiago pára o carro num bosque e diz a Diana que recebeu uma chamada anonima a denunciar que o assassino deixou ali a última vítima. Ricardo afiança a Elvira e Jaime que o seu contacto na PJ o avisa quando souber alguma coisa sobre a detenção de Vera.

Tiago e Diana param no local indicado e percebem que a terra foi remexida, ficando convencidos que encontraram mesmo algo importante. Augusto desabafa com Mayra sobre Jaime ter mesmo assediado Dalila. Fica surpreso por Mayra o criticar por ele querer esconder aquela história. Augusto, de consciência pesada, insiste com Isaura para descobrir o que se passou entre Jaime e Dalila no passado. Valdemar tenta convencer Humberto a ir passar uns dias fora com os filhos.

Lara sorri esperançosa por receber uma chamada de um escritório de advogados, pensando ser desta que vai conseguir emprego.

Tiago e Diana cavam a terra, acabando por descobrir um cadáver. Vera sai de casa quase sem conseguir ver nada, mete-se no seu carro e Max observa-a. Jaime diz satisfeito a Ricardo estar seguro que Vera vai ser presa e vão finalmente ver-se livres daquela ameaça. Vera quase tem um acidente e decide estacionar e fica a esfregar os olhos, preocupada. Simão vê frustrado ofertas de emprego.

Lara conta-lhe entusiasmada que ela vai almoçar com um advogado que lhe telefonou, achando que ele lhe quer fazer uma proposta de trabalho. Valdemar sai de casa apressado, dizendo a Isaura ter uma consulta no oftalmologista. Valdemar chega à casa de jogo e estaca assombrado por dolorosas memórias passadas. Isaura nega a Augusto ter descoberto o passado de Jaime e Dalila, mas conta-lhe que Valdemar voltou a jogar.

Os jogadores troçam com Valdemar por ele ter ido com cinco euros quando o mínimo para entrar no jogo são cinco mil e Valdemar sai humilhado. Diana roça discretamente batom na camisa de Tiago.

Tiago recebe mensagem do laboratório e segue para lá com Diana. Tiago sopra o ar frustrado por técnico dizer que o corpo foi todo lavado com lixívia antes de ser enterrado, e também não descobriram nada do assassino através da balística.

Lara olha desanimada para advogado a dizer-lhe que não marcou aquele encontro para lhe oferecer trabalho, mas sim para lhe entregar algo, tirando um envelope da pasta. Lara olha espantada para um bilhete que Dalila lhe deixou estando uma pen a acompanhar o mesmo.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close