“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 152 (6 a 12 de maio)

Vera pede ajuda a Lopes e Inspetor, e diz que Amílcar ainda está vivo. Lopes observa que o assassino deve ter escapado pela janela e Vera sai porta fora.

Marta corre para o seu carro com o capuz de assassino vestido e arranca a alta velocidade, sem que Vera a consiga apanhar. Vera volta ao gabinete e assente que não conseguiu apanhar o assassino.

Inspetor informa-a que Amílcar morreu, e ela fica apreensiva por Lopes comentar que Mário vai ficar furioso com aquela morte na PJ. Marta entra em casa muito tensa ainda a recordar o homicídio que acabou de perpetrar a Amílcar. Faz uma chamada e diz que espera que as contas tenham ficado saldadas.

O corpo de Amílcar é transportado para fora do gabinete e o perito repara numa mancha de sangue que está atrás da secretária, num local distante onde Amílcar foi encontrado morto.

Valdemar olha agastado para Humberto a vincar que nunca vai perdoar Cecília por ela ter ido falar com Rúben sem sua autorização. Humberto percebe que a neta está alheada da conversa e diz-lhe que ela tem razões para desconfiar que Julie possa estar grávida pelos óvulos dela, achando que tanto ela como Marta andam a esconder muita coisa a toda a gente.

Vera ouve furiosa alguém a dizer-lhe que a matrícula do carro do assassino era falsa, e fica tensa por Lopes lhe dizer saber que ela recebeu uma cabeça de porco a dizer que Amílcar sabia quem era o assassino. Lopes assente provocador ainda a não contar nada por enquanto a Mário.

Elvira crítica furiosa Vera por não ter conseguido prender Tiago, sendo mais que óbvio que foi ele que assassinou Amílcar na PJ. Vera conta a Tiago que Amílcar foi assassinado no seu gabinete, e Lopes tem a teoria que o assassino do capuz pode ser cúmplice dele e Tiago refuta, dizendo que Lopes não tem a mínima vocação para polícia.

Mayra conta a Simão que ouviu Vera a falar com Jaime e Elvira, de Tiago ser o assassino que está a prosseguir o trabalho de Diana. Simão admite que Cláudia também pensa da mesma forma, mas vinca ter a certeza que Tiago está inocente. Mayra refere enigmática que talvez saiba quem os pode ajudar a apurar a verdade.

Simão e Valdemar entreolham-se apreensivos por o primeiro dizer ter a sensação que existe uma ligação entre Marta e o assassino, o que pode pôr Lara em risco de vida.

Lara admite a Marta que a anda a perseguir, não indo descansar até perceber como ela conseguiu voltar para Julie e Marta aperta-lhe o pescoço. Marta recusa o dinheiro que a Pessoa lhe dá, dizendo só querer que a deixem fora daquela história e Pessoa dispara um tiro, forçando Marta a aceitar o dinheiro.

Cláudia olha apavorada para Elvira a avisá-la que Tiago voltou a matar, tendo assassinado um homem na PJ, e se ela não faz alguma coisa, ela e a filha correm risco de seguir o mesmo caminho.

Vera olha intrigada para Simão a pedir-lhe para falarem. Elvira liga para Jorge a pedir-lhe que lhe arranje dinheiro rapidamente e fica tensa por Vera a questionar por que pagou a Amílcar para que este dissesse que Tiago, era o assassino de Ricardo.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close