“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 14 (3 a 9 de dezembro)

Simão enfrenta Augusto, dá-lhe um murro e foge com Inês no seu carro. Augusto faz participação do rapto da neta.  Augusto chega ao escritório e informa Paulo e Ricardo que Simão lhe raptou a neta e que já informou as autoridades, mas que não quer ficar à espera. Pede-lhes que lhe tragam Inês.

Inês e Simão chegam a um hotel de beira de estrada.  Simão fala com Lara ao telemóvel e conta-lhe que fugiu com Inês, pois pelas vias legais, nunca vai conseguir a guarda da filha. Simão diz a Inês que estão à espera de um amigo que lhes vai trazer documentos falsos para poderem fugir.

Rececionista vê foto de Augusto e Inês numa revista e começa a fazer muitas perguntas. Lara vai ter com Mónica para saber se ela sabe para onde fugiu Simão com Inês. Mónica vira costas e Lara agarra-a e o conteúdo da sua mala cai, incluindo o telemóvel que Lara não repara que fica esquecido. Mónica apanha telemóvel e arregala os olhos com a MMS que vê e apaga mensagem.

Na oficina Lara fala com Ricardo ao telemóvel. Paulo aparece e exige a Lara que lhe diga onde está Simão, Humberto surge e envolvem-se à pancada.  Mayra entrega envelope a Jaime, que quando vê o seu conteúdo tem dificuldade em esconder a perturbação. Elvira comenta com Ricardo que recebeu um panfleto de uma funerária. Ricardo vê a sua correspondência e encontra panfleto idêntico.

Elvira acha que se trata de mais uma ameaça. Ricardo diz que a partir de agora deve ser cada um por si.  Isaura e Dalila conversam. Humberto entra indignado com o panfleto da funerária que estava na caixa de correio e Dalila fica em pânico.  Dalila está muito assustada e começa a encher um saco de viagem com roupas, quando Humberto entra. Dalila disfarça, dizendo que está a preparar roupas para o Rúben, quando ele sair do hospital.

Paulo recebe um panfleto de uma funerária igual ao dos outros e fica irritado.  Mónica vai ter com Simão ao hotel e diz que está preocupada com eles e entrega envelope com dinheiro a Simão para que possam ir para um sítio seguro. Entretanto ouvem sirenes da polícia e ficam os três sobressaltados.

Agentes da PSP colocam-se em posição de ataque e exigem a Simão que saia.  Simão descontrolado agarra em Mónica e ela deixa cair a carteira e o conteúdo espalha-se pelo chão.

Agentes dirigem-se para à porta do quarto, quando Simão sai lá de dentro com Mónica como refém, apontando-lhe uma arma à cabeça. Agentes ficam em tensão e Simão volta para dentro com Mónica.  Mónica faz ver Simão que usar a sua arma foi um bom plano para afastar os agentes.

Paulo fala de forma ameaçadora com Joana, exigindo-lhe que faça o aborto.  Cecília conversa com João Maria, que diz que quer assumir o filho e Cecília é da opinião que Joana deve abortar.

Ricardo, Jaime, Dalila e Paulo estão reunidos, chega Elvira que lhes diz que o melhor é fugirem cada um para seu sítio, pois qualquer um deles pode ser a próxima vítima.  Ricardo revela a Augusto que se vai despedir, pois recebeu uma proposta irrecusável no Brasil e Augusto reage mal, diz que ele ainda se vai arrepender.

Rúben faz gincanas pelo corredor com a cadeira de rodas, Dalila chega e abraça-o como se se estivesse a despedir.

Paulo diz que consegue recuperar Inês, só precisa que Augusto corresponda com uma recompensa de cem mil euros.  Jaime vê a notícia de Simão barricado no hotel com a filha e comenta com a mulher.

Cecília estranha o envelope da funerária no casaco do marido e Jaime desvaloriza. Jaime está amedrontado, mas não quer admitir. Pega numa pistola automática e carrega-a com munições.

Lara aproxima-se do hotel onde está Simão e Tiago não a deixa passar. Lara finge afastar-se, dá meia volta e corre velozmente e fura o cordão policial. Bate à porta e Simão deixa-a a entrar.  Lara abraça Simão, que lhe diz que não sabe o que fazer e tenta aconselhar Simão.

Humberto está a vestir-se e repara no saco de viagem que Dalila estava a preparar e abre-o. Humberto confronta Dalila e acusa-a de ir fugir com o amante. Dalila nega e quebra em lágrimas.

Lara e Mónica saem e Lara diz a Tiago que tem um comunicado de Simão para ler.  Paulo consegue neutralizar agente que estava de vigia e avança para os quartos.

Simão prepara fuga com Inês e tenta a janela do wc, mas não abre. Simão arromba porta do quarto contíguo e avança com Inês. Inês vê Paulo que exige a Simão que lhe entregue Inês e este dá-lhe um soco deixando Paulo atordoado.

Simão foge com Inês, carro aproxima-se, entram e fogem. Elvira entrega passaportes falsos a Ricardo e Jaime. Jaime diz que não quer e falam de Paulo e Dalila…

Empregados preparam o fecho dos armazéns e a Dalila sente-se seguida, corre para os provadores e é agarrada pelo perseguidor. Tiago perde a paciência e avançam para os quartos.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close