“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 61 (4 a 10 de fevereiro)

Pessoa e Gatto lutam na sala e Gatto consegue desarmar Pessoa, que por seu turno também lhe tira a faca. Jaime adormece e Vera pega na seringa para o matar, quando ouve barulho de uma porta a bater na sala Simão conta a Domingos que Gatto o avisou que Jaime é o próximo alvo de António.

Jaime olha incrédulo para Gatto na sua sala. Jaime e Vera entram cansados, ficando aflitos por verem Cecília à espera de Jaime em casa. Cecília critica Jaime por já estar envolvido com outra mulher.

Lara conta a João Maria que Gatto lhe disse que Vera era da PJ. Simão pergunta a Lara por Gatto, que lhe diz que ele já saiu de sua casa. Liliana vai ter com Jaime e diz-lhe ter ido ali para esclarecer que não pretende nada dele. Matilde sai em defesa de Jaime, acusando Liliana de ter inventado tudo aquilo para sacar dinheiro à sua família. Vera sossega Jaime e diz-lhe que a polícia nunca vai conseguir associá-los.

Lara e João Maria confirmam espantados que Vera é mesmo da PJ. Simão e Domingos procuram Gatto na sucata, ouvem um telefone a tocar e seguem nessa direção. Simão e Domingos descobrem Gatto. Diana conta a Tiago não terem sido descobertos indícios de António, entretanto Tiago recebe chamada Jaime diz a Augusto que Liliana veio falar com ele a dizer que não ia avançar com a história, dizendo que isso prova que Cecília inventou tudo.

Liliana recusa a Isaura a ideia de apurar se Jaime é seu pai e Isaura critica-a por estar a desistir de uma verdadeira fortuna. Simão diz a Domingos estar convicto que Gatto estava a falar a verdade sobre António estar vivo. Vera diz a Tiago não poder adiantar-lhe muito sobre Gatto, que era somente seu informador no caso do tráfico de diamantes. Jaime conta a Ricardo e Elvira que foi avisado por Simão que ele estava marcado para morrer.

António recrimina Vera por não ter tido coragem de matar Jaime, anuindo ter estado em casa dele na noite anterior. Vera diz agastada estar farta daquela batalha que enfrenta de ter de matar pessoas para ocultar o seu passado, com António a desaparecer subitamente para dentro do barracão.

Vera atende uma chamada. João Maria marca um encontro com Vera nos armazéns. Vera conduz tensa a pensar no que João Maria lhe poderá querer dizer. Simão conta a Lara que Gatto lhe disse que Jaime estava marcado para morrer e insinua que António pode mesmo ser o assassino. Lara expulsa-o de casa, irritada e sem querer acreditar naquilo. João Maria diz a Vera ter marcado aquele encontro com ela, para avisá-la que Lara tem uma prova contra ela, que Gatto lhe deu e que a incrimina pelas mortes que já ocorreram, em conluio com António.

Vera finge dar descrédito ao assunto, afastando-se. João Maria envia de imediato mensagem a Lara. Lara respira fundo após receber mensagem de João Maria, a preparar-se para a próxima parte do seu plano de apanhar Vera em falso. Simão diz angustiado a Domingos que Lara não lhe deu ouvidos, tendo muito receio que lhe aconteça alguma coisa.

Vera segue Lara no seu carro. Joana conta preocupada a João Maria e Patrícia que acabou de descobrir que Vera tem de tomar comprimidos para não se descontrolar, percebendo que foram esses comprimidos que Patrícia tomou. João Maria fica preocupado por não conseguir avisar Lara que Vera tem um problema.

Lara chega ao barracão, estaciona e dirige-se para lá. Lara exige a Vera que lhe diga onde está António, Vera diz-lhe que espere um pouco que ele deve estar a chegar.

João entra disparado no gabinete de Tiago, que precisam de falar já. Vera diz a Lara que tudo o que Dalila disse no vídeo é verdade e António tem um plano para matar um grupo de pessoas. Vera vê António a entrar, dizendo-lhe terem de matar Lara por ela saber demais.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close