“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 56 (28 de janeiro a 3 de fevereiro)

Simão bebe, recebe chamada de Domingos, mas não atende.  António diz a Vera que não pode agir agora por a polícia estar prestes conseguir apanhá-lo. António assume ter matado Paulo e que o próximo a morrer na sua lista seria Jaime, mas que infelizmente não o conseguiu matar na piscina.

Domingos diz a Augusto estar preocupado com Simão por ele ter discutido com Lara, mas Augusto afasta-se a dizer que isso foi bem positivo. Lara pensa insegura nas palavras de Simão de Gatto não ser quem aparenta. Lara insiste com Gatto para que lhe conte mais sobre o seu passado e contém a sua fúria a perceber que Gatto lhe está a mentir.

Cecília entra em casa furiosa e parte uma fotografia deles no chão e segue disparada para o quarto. Cecília começa a destruir as roupas de Jaime. Repara na caixa dos relógios dele e guarda-os. Matilde entra nesse momento e critica Cecília, mas ela defende-se que Jaime lhe tirou tudo e quer deixá-la na miséria.

Vera entra no seu quarto, deparando-se com Joana a tentar acordar Patrícia, que está desmaiada. Joana segue com Gonçalo para levarem Patrícia para o hospital e Vera constata que Patrícia tomou todos os seus comprimidos. Gatto diz que pretende sair daquele esquema por Lara andar desconfiada dele e Lara, mais afastada, tira fotografias a ambos.  Lara conta a Humberto de ter apanhado Gatto a falar com uma mulher.

Domingos tenta convencer Simão a ir para casa. Um homem começa a troçar com o estado de Simão, que não se fica e agride-o com uma cabeçada. Domingos tenta impedir a luta de Simão com o homem, mas o cobrador impede-o, já a recolher apostas para combate.

Homem parece ganhar vantagem sobre Simão, mas este num assomo de fúria e velocidade derruba-o e esmurra-o, deixando-o inerte no chão. Cobrador entrega dinheiro a Simão, desafiando-o a aparecer amanhã para nova luta.  João Maria conta a Lara que Vera é irmã de Paulo e assente que vai tentar descobrir mais sobre Vera.

Gatto segue para o duche. Lara, que o espreitava, começa a vasculhar a sua mochila, ficando espantada a olhar para o maço de notas que lá encontra.

Mónica pergunta desconfiada a Simão por que não lhe respondeu às mensagens e Simão diz abalado a Mónica que ele e Lara acabaram tudo.

Gatto disfarça e diz que o dinheiro que ele tinha na mochila, foi um trabalho que fez há uns tempos e justifica-se que vive na rua por que gosta.

Patrícia chega do hospital com Joana e Gonçalo, disfarçando à mãe que foi uma amiga do colégio que lhe vendeu os comprimidos que tomou. Patrícia conta a Vera que tomou os comprimidos com a mágoa de gostar de um rapaz do colégio. Ganha coragem e pergunta à tia se é bipolar, com Vera a assumir que sim, mas que não quer que ninguém descubra.

Cecília mostra a Cláudia os relógios que roubou a Jaime, dizendo ir fazer tudo para vingar-se dele.  Jaime fica em fúria por Matilde lhe contar que Cecília esteve ali e além de lhe ter roubado os relógios também lhe destruiu a sua roupa.

João Maria abre a porta a Lara, que segue para o quarto de Vera para tentar descobrir alguma prova de uma possível ligação dela a António. João Maria recebe mensagem de Cecília a dizer-lhe precisar da ajuda dele. Mónica ouve pouco convencida Diana a dizer que vai ajudar Simão no que puder, negando estar interessada nele.

Simão entrega mil euros a Abel, dizendo que as contas deles ficam saldadas. Abel nega, reiterando que pretende cinco mil pelo que ele fez ao filho. Valdemar tenta impedir Humberto de falar com Cecília, que se prepara para contar o que se passou entre Jaime e Dalila quando Valdemar lhe grita para que se cale.

Ambos olham em choque para o monitor do computador, onde aparece uma fotografia deles.  Todos olham atónitos para os monitores dos armazéns, onde aparece a mesma imagem de Liliana.  Mayra e Augusto veem a mesma imagem e Augusto grita por Cecília a achar que foi ela quem fez aquilo.

Liliana sai arrasada para a saída com Jaime atrás dela, mas Valdemar impede-o. Augusto ordena a Cecília e Jaime para irem ao seu gabinete para falarem. Vera observa a cena mais afastada.

Vera arranca no seu carro e Gatto segue-a num táxi. Vera entra no barracão a dizer que a queda de Jaime já começou. Lara vasculha o quarto de Vera e subitamente encontra uma notícia de jornal com as fotografias de Margarida e de António, com a cara dele tracejada a vermelho e umas coordenadas geográficas nas costas do papel.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close