“A Teia”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 25 (17 a 23 de dezembro)

Ricardo continua a ameaçar Mónica, Dalila aproxima-se de Ricardo e Mónica para acalmar os ânimos. Valdemar chega perto de Dalila e exige falar com ela, que fica sem alternativa. Ricardo aproveita e puxa Mónica para fora do restaurante.

Elvira dirige-se a uma casa modesta, bate à porta e apresenta-se como sendo da Segurança Social e entra.

Mónica diz a Ricardo que anda a ser perseguida por um homem que sabe que ela era acompanhante de luxo na Escócia e se descobrem isso sobre ela, perde a possibilidade de estar perto da filha e pede-lhe ajuda enquanto advogado.

Dalila convence Valdemar que tem estado próxima de Ricardo para ver se ele os ajuda a evitar o despejo. Elvira continua a fingir que é da Segurança Social para tentar apurar informação sobre Mónica.

Elvira está eufórica sobre o que ficou a saber sobre Mónica.  Ricardo conta a Jaime a justificação que Mónica lhe deu por andar atrás dele. Jaime quer falar com Augusto sobre João Maria e começam a discutir.

Simão está reunido com o Dr. Mealha e afirma que tem capacidade para lhe pagar os honorários.  Homem tira fotos de Simão reunido com o Dr. Mealha.

Augusto recebe mensagem e a sua expressão muda radicalmente e sai possesso do escritório.  Augusto dirige-se a casa de Simão e vê o filho com o Dr. Mealha.  Nos armazéns Joana conversa com Cláudia e pede-lhe que interceda por ela junto a Tiago. Patrícia aproxima-se e humilha a mãe, Joana agarra-a e a filha dá-lhe um safanão que a faz cair desamparada, batendo com a barriga.  Joana está em recuperação no hospital com João Maria está ao seu lado.

Cecília informa que o médico disse que o caso é crítico e que o bebé pode não sobreviver.  Patrícia conversa com Gonçalo e jura-lhe que não fez de propósito para a mãe cair. Toca a campainha é Tiago que traz um mandado de busca.

Tiago vasculha tudo o que pode e encontra uma carta.

Domingos tenta falar com Mónica para lhe sacar informações, mas Mónica não se mostra muito disponível.

Mónica entra num carro, faz uma chamada para saber se Ricardo está nos armazéns e pede ao Comissário de Bordo para seguir para os armazéns.  Mónica encena momento em que Comissário de Bordo a persegue, Ricardo intercede por ela e segurança arrasta Comissário de Bordo para a rua. Ricardo apoia Mónica e esta pede-lhe que não conte nada a Augusto.

Diana aproxima-se de Mónica e esta conta que Ricardo caiu na sua armadilha e que finalmente conseguiu aproximar dele.  Elvira conta o que descobriu sobre Mónica e Ricardo comenta que ela montou uma cena de assédio na loja para conquistar a sua confiança e que ele fingiu que acreditou.

Mayra diz a Simão que Augusto está à sua espera, abre a porta e surpreende-se com o Dr. Mealha.  Lara continua a falar com Dalila sobre Jaime e diz-lhe que a única maneira das ameaças acabarem é ela fazer queixa à polícia.

Augusto confronta Simão por ele o ter traído ao contratar um advogado para conseguir reaver a guarda da Inês.

Lara dirige-se a um agente da PSP para fazer uma denúncia de assédio, entretanto recebe uma mensagem e fica branca. O agente faz-lhe perguntas sobre o suposto assediador, mas Lara hesita, quando vê Simão a dirigir-se para a saída. Jaime guarda o telemóvel, satisfeito.

Agente PSP continua a fazer perguntas a Lara sobre o assediador, mas Lara não consegue dar nenhuma informação concreta. Dalila vai ao gabinete de Jaime e exige que se afaste da sua sobrinha.

Mónica e Ricardo jantam em casa de Ricardo e esta faz-se de frágil e Ricardo finge-se seduzido por ela. Mónica e Ricardo envolvem-se e Ricardo deixa-a adormecer e vai até à sala e instala software no telemóvel de Mónica. Mónica sai de casa de Ricardo determinada.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close