“A Única Mulher”: Resumo de 8 a 14 de junho

Anterior1 de 5Seguinte

A TVI já disponibilizou o resumo da novela “A Única Mulher” da semana de 8 a 14 de junho.

Episódio 76

Pressionada por Neuza, Mara insiste que não pretende casar com Artur. Neuza pede-lhe uma justificação para ela não o fazer.

Neuza tenta convencer Mara a abortar, argumentando que ninguém vai querer casar com ela se ela tiver um filho de um branco. No entanto, está determinada a ter o filho.

No jantar em casa dos Sacramento, Pilar insta o marido a continuar a lutar para derrubar Norberto. Ela acredita que Luena lhes pode ser útil nessa demanda. Diogo propõe também a Luís Miguel que trabalhem juntos no sentido de travar Norberto na construtora.

Toda a família ataca Jorge por ter escolhido o caminho mais fácil ao vender a empresa e Sara recorda a sua traição com Isabel. Sentindo-se acossado, Jorge desvaloriza a afronta de Sara, quase revelando o segredo de Pilar sobre a filha.

Concha repreende o irmão por quase ter revelado o segredo de Sara à frente de estranhos. Ele confessa-lhe que teve um caso com Daniela e que o filho perderia o respeito por ele se soubesse. Luís Miguel ouve o final da conversa, fora de contexto, e fica desconfiado.

A família Sacramento vai à ópera. Pilar e Jorge reconhecem António entre os presentes. Jorge recorda como descobriu, muitos anos antes, que a mulher o tinha traído com o amigo.Ele exigiu à esposa um teste de paternidade que confirmou que Sara não é sua filha. No entanto, decidiu não revelar a verdade à família. O confronto entre os três é tenso e Sara repara.

Henrique avista António e decide propor-lhe sociedade. Jorge diz ao ex-cunhado que não gosta da ideia, mas não revela a razão.

Durante a ópera, Jorge está tenso e levanta-se do seu lugar. Já no exterior do teatro, ele confronta António, querendo saber o que ele anda a fazer em Lisboa e tenta convencê-lo a rejeitar a sociedade com Henrique. António acha que ele não tem coragem para armar um escândalo à frente da Sara, mas Jorge acaba por o agredir.

Pilar e os filhos aparecem entretanto. Sara ouve mencionarem o seu nome e nota o olhar enfeitiçado da mãe por António. António insta Jorge a contar a verdade. Henrique consegue afastar Jorge dali para fora e toda a família segue atrás deles.

António e Luena trocam olhares. Eles conhecem-se mas fingem nunca se ter cruzado.

Entretanto, Norberto oferece um emprego na construtora a Daniela para que ela tenha um rendimento fixo. Ela continua lisonjeada por ser alvo de tanta atenção. O casal também vai à ópera e e ele defende-a perante a família Sacramento.

Luena e Luís Miguel partilham o seu ódio por Norberto e estão cada vez mais próximos.

Sara fica desconfiada ao ouvir António mencionar o seu nome, quando rebenta a discussão no exterior do teatro entre este e Jorge. Desconfiada, Sara pergunta a António quem ele é, mas este afasta-se sem lhe responder.

Concha admite a Orlando que pretendia ir à ópera com ele para fazer ciúmes ao ex-marido, mas sente-se incapaz de avançar com o plano. Ele agradece-lhe a franqueza e acabam por passar a noite juntos em casa a ouvir jazz.

Mitó está muito entusiasmada com a ida à ópera, falando alto e com estardalhaço, o que deixa Henrique embaraçado.

Rafaela e Santiago bebem um copo juntos. Ela tenta seduzi-lo e os dois dormem juntos. Ela tenta averiguar se ele pretende encontrar-se com Francisca durante a sua estadia em Lisboa, mas Santiago garante que Francisca é coisa do passado.

Entretanto, Francisca vai a uma festa na hamburgueria com Clara, sem que os pais saibam. Ela dança sensualmente com João Maria, perante a consternação dos amigos. Os dois estão já embriagados quando ele a beija e tenta agarrar. Ela solta-se de empurrão e sai furiosa.

Clara prepara-se para se ir embora da festa antes de os pais de ambas regressarem da ópera, mas não encontra Francisca em lado nenhum.

Francisca caminha por um beco escuro à procura de um táxi, sem notar que é seguida. Quando se apercebe que alguém está atrás dela, foge para um beco ainda perigoso.

Em casa dos Caiado, festeja-se a chegada de Santiago. Pedro oferece um ombro amigo a Mafalda para ela desabafar depois de a relação dela ter terminado de forma abrupta. Sílvia fica desconfiada com a proximidade de ambos e acusa a amiga de se atirar ao marido. Pedro acha que os ciúmes dela não têm razão de ser e sai atrás de Mafalda que decidiu ir-se embora do jantar. Sílvia confessa a Rafaela que não consegue superar a traição.

Quando Pedro chega a casa, o casal volta a discutir e ela decide dormir sozinha. Ele sai de casa e pede a Mafalda para dormir em casa dela. Ela acaba por deixá-lo dormir no sofá por uma noite. Sílvia aparece em casa dela e acusa os dois de a traírem nas suas costas, dizendo a Pedro que escusa de voltar para casa. Mais tarde, ela revela a Rafaela que está determinada a separar-se do marido. Pedro também desabafa com Mafalda que acha melhor ele e a esposa separarem-se por algum tempo.

Entretanto, Ramiro, que cortou o cabelo e a barba para não ser facilmente reconhecido, começa a trabalhar na hamburgueria.

Isaurinha consulta Bino sobre a contratação de Isabel para cozinheira, mas este avisa a mulher de que contratou Ramiro, que na verdade se chama Vicente. Ela critica o marido por ter dado emprego a alguém que os roubou, deixando-os à mercê de Norberto em Cabo Ledo. Ramiro promete pagar o que deve.

Anterior1 de 5Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close