“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

55º Episódio (5 a 11 de novembro)

Num local desconhecido, uma mulher arranja Leonor que está vestida com uma roupa sensual. Leonor pede-lhe que a ajude a fugir mas a mulher aconselha-a a parar de resistir e acha que ela deve aceitar a realidade para poder sobreviver. De seguida, acaba de a arranjar e deixa Leonor sozinha na suite. Giacomo entra e tranca a porta. Leonor implora para que ele a liberte mas Giacomo vai fazer sexo com ela para ver quanto é que ela vale. Leonor fica aterrorizada.

Miguel pede a António autorização para vender um prédio que só está a dar despesa e este assente. Miguel fica satisfeito e quando António pede uma contribuição para Alcino, Miguel não esconde a sua falta de interesse.

Diana entra em casa e repara que João está em casa. Estranha mas chama por ele. João está no seu quarto a ver as notícias sobre Ruben na internet. Sente-se um cobarde por ter cedido à chantagem e não ter tido a coragem de Ruben. Diana apoia o marido.

Na televisão continuam a falar de Ruben e o agente deste dá uma conferência de imprensa. Explica que Ruben não vai comentar a sua vida privada e que as notícias sobre ele em nada invalidam as suas qualidades de desportista.

Em casa de Júlia, Fernando declara-lhe não acredita que Vitória tenha atropelado Marta mas avisa que Gustavo irá até ao fim para descobrir a verdade.

Na rádio, Paulo fala da bomba noticiosa de Ruben ser gay. Quer explorar isso porque vende. Vitória, por sua vez, sugere que convidem Miguel para ser entrevistado. São surpreendidos pela chegada de agentes da PJ que levam Vitória para interrogatório. Em choque, Paulo decide acompanhá-la.

Na fisioterapia, Marta está muito focada e esforça-se ao máximo para recuperar a sua autonomia. Margarida e a fisioterapeuta pedem-lhe que não esforce tanto o corpo mas esta quer fazer tudo para já estar de pé quando Vitória for presa. Esperançosa, Margarida informa a filha que aceitou a proposta de trabalho de João.

Júlia fala, nervosa, ao telemóvel com Vitória e fica a saber que a filha foi detida para interrogatório. Vitória está assustada e precisa do advogado urgentemente. De seguida, Júlia liga ao Dr. Tavares.

No estaleiro, Adelaide desabafa com André sobre os seus problemas e este finge interesse. Sugere-lhe que comece a pensar mais em si própria a Adelaide recorda-o do convite para irem velejar e marca esse programa para o dia seguinte.

Vera fala ao telemóvel com Diana e refere que está tudo bem com André. Desliga a chamada para falar com Luís e ouve preocupada que a polícia quer desistir de procurar Leonor em Itália. Vera acha que a irmã e o cunhado devem voltar para Portugal mas Luís explica que Cecília se recusa a isso.

Num local desconhecido, uma mulher arranja Leonor que está vestida com uma roupa sensual. Leonor pede-lhe que a ajude a fugir mas a mulher aconselha-a a parar de resistir e acha que ela deve aceitar a realidade para poder sobreviver. De seguida, acaba de a arranjar e deixa Leonor sozinha na suite. Giacomo entra e tranca a porta. Leonor implora para que ele a liberte mas Giacomo vai fazer sexo com ela para ver quanto é que ela vale. Leonor fica aterrorizada.

Gustavo atende um telefonema e fica a saber que Vitória foi detida para interrogatório. Fica satisfeito e conta a Marta que também sorri. Esta pergunta se Vitória vai ficar presa e Gustavo explica que as coisas não funcionam assim mas que pode ser um início de um caso sólido contra ela.

De volta a casa, Júlia e Vitória conversam com o Dr. Tavares sobre o interrogatório. Estas mantêm a versão dela ser inocente e o advogado vai embora. Júlia impõe à filha que tem de fazer o papel de vítima para correr tudo bem.

Na rádio, Paulo diz a Ana na rádio que está tudo bem com Vitória e explica que ela está a ser alvo do ex-namorado que a quer prejudicar. Por sua vez, Ana refere que a administração quer tratar do assunto de Ruben com seriedade, ao contrário das diretrizes de Paulo. Beatriz aparece, acelerada, com planos para ela e Rodrigo.

André está de saída do estaleiro quando recebe uma mensagem de Francisca e sorri. Adelaide entra e comenta que vai estar bom tempo no dia seguinte e fica desiludida ao ver que André já não se lembra do passeio de barco.

Deolinda tenta a sorte nas raspadinhas mas não lhe sai nada. Raimundo ainda está indeciso sobre apresentar queixa pela agressão que sofreu e Clara interrompe a conversa deles. Está cada vez mais preocupada com com a situação dos pais na Venezuela. Raimundo sente vontade de ajudar com o dinheiro que encontraram.

Nestor observa o mapa de Angola e fica atrapalhado quando Carmo entra na biblioteca. A propósito do suposto namoro dela com Celso, Nestor diz que não tem nada contra isso e que aceitará a escolha dela. Carmo explica que por enquanto são só amigos.

Em Génova, Cecília quer alugar um apartamento e mostra algumas casas a Luís. Este quer regressar a Lisboa, o que a deixa decepcionada. Por fim, Cecília diz ao marido que não sai de Itália até ter provas de que Leonor está morta.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close