“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

92º Episódio (17 a 23 de dezembro)

Deolinda conta a Jacinta que João foi agredido num bar gay e foi parar ao hospital, o que deixa Jacinta fica muito preocupada. A seguir esta conta a Nestor o que aconteceu ao neto deles mas Nestor está mais preocupado com outra coisa. Confronta a mulher depois de ter falado com o seu gestor de conta e de ter sabido que ela gastou todo o dinheiro. Quer saber o que se passa e Jacinta, nervosa, admite que deu o dinheiro à igreja. Nestor ordena que não vai voltar a fazê-lo.

Em casa, André sente-se frustrado por não ter álcool para beber. Francisca comenta com ele que a entrevista com Leonor teve grande impacto por ela ter falado em Giacomo. Mudam de assunto e falam sobre Zé Maria e André garante que o vai trazer de volta para casa, em breve.

Zé Maria, Salvador e os restantes rapazes do grupo entram na sede, ensanguentados e com roupas rasgadas. Apesar de tudo estão felizes e regozijam-se por terem agredido os gays.

João entra em casa, amparado por Nelson. Não queria ter ido ao hospital pois estavam lá jornalistas. Diana entra na sala e fica preocupada ao vê-lo ferido. João explica que foi vítima de agressão de um gangue que entrou no bar gay.

A seguir, Diana liga a Rodrigo para lhe agradecer por ter pedido a Gustavo para a representar. Rodrigo ainda está magoado com ela mas reforça que ainda a ama e que consegue sempre arranjar forma de a perdoar.

Vitória toma o pequeno almoço com Júlia e esta conta que Fernando vai fazer uma operação de estética e espera que isso seja para lhe agradar. Quando Vitoria sai para ir buscar sumo, Júlia não hesita e vasculha o telemóvel da filha.

Jacinta fica nervosa quando Adelaide lhe pergunta pelo colar que mandou limpar e Nestor repara nisso. Deolinda interrompe-os para dizer que Simao está a arder em febre.

Celso aproxima-se de Clara que está quase a sair de casa para ir trabalhar. A muito custo, Clara tenta resistir à sua sedução e são interrompidos por Raimundo que entra na sala. Depois de Clara sair, este diz ao filho que ainda vai perder as duas mulheres que ama.

Depois de ouvir André e a história do seu suposto assalto, Adelaide observa que ele pode ir para casa se não estiver em condições de trabalhar. O advogado liga a Adelaide a informar que Diana o dispensou.

André prepara-se para sair quando Vera vê a notícia sobre a agressão no bar gay e onde falam de João. Mostra a Adelaide que fica muito nervosa e tenta desvalorizar o assunto.

Nelson liga a André a pressioná-lo e reforça que este não tem muitas alternativas.

Na sede do partido nacionalista, Miguel quer saber quem teve a ideia do ataque ao bar gay e todos se protegem uns aos outros. Miguel pede mais uma vez que se organizem mas não esconde que está orgulhoso deles.

Júlia pergunta a Idalina por Fernando e esta explica que ele saiu. Subtilmente, Júlia tenta ganhar a cumplicidade de Idalina.

Gustavo está com Diana e falam sobre o processo dela. Porque Enrico não abre a boca ele vai ter de se esforçar mais para a libertar mas não tenciona desistir.

João vai ao estaleiro falar com Adelaide. Está muito abatido, porque o seu nome está em todas as notícias. Adelaide ordena-lhe que continue a mentira e sugere que ele diga à comunicação social que estava naquele bar a acompanhar um amigo.

Nelson entrega a André e a Raimundo uma folha com as frequência das rádios das autoridades, assim saberão tudo o que se passa. André aceita a parceria com ele e faz um ultimato a Raimundo, dizendo que este só tem a ganhar se lhe provar a sua lealdade.

Simão está debilitado na sala dos Macedo mas muito feliz por conhecer Rodrigo. Este também retribui a simpatia pelo primo. Quando fica a sós com o neto mais velho, Nestor elogia Jacinta e aconselha o neto a arranjar alguém que o faça sentir feliz sempre.

Em Angola, Margarida dá assistência a uma criança. Gonçalo entra animado e conta que já conseguiu repor a energia elétrica e que trouxe vacinas. Aos poucos os dois vão partilhando a sua vida pessoal.

Lucas conversa animado com Naomi e Aida em casa delas. Gustavo entra e fica chateado com o à vontade de Lucas. Aida pergunta-lhe por Diana e decide ir visitá-la.

Ana pede a Rodrigo que lhe dê indicações sobre dar ou não a notícia da agressão ao bar gay, que envolve o seu irmão. Rodrigo não quer interferir e Ana decide dar a notícia sem abordar o nome de João.

Na casa de chá, Clara pergunta a Carmo se João é gay e esta esquiva-se de responder. Rui e Martim entram com a bebé e várias raparigas se aproximam deles, embevecidas.

Deolinda conta a Jacinta que João foi agredido num bar gay e foi parar ao hospital, o que deixa Jacinta fica muito preocupada. A seguir esta conta a Nestor o que aconteceu ao neto deles mas Nestor está mais preocupado com outra coisa. Confronta a mulher depois de ter falado com o seu gestor de conta e de ter sabido que ela gastou todo o dinheiro. Quer saber o que se passa e Jacinta, nervosa, admite que deu o dinheiro à igreja. Nestor ordena que não vai voltar a fazê-lo.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close