“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

90º Episódio (17 a 23 de dezembro)

Diana e Vitória jantam descontraídas até que Diana decide contar que se vai divorciar. Levada pela conversa, Vitória partilha também que foi ela quem atropelou Marta e admite que se sente muito mal com isso. Diana apoia-a e acha que ela não se deve martirizar tanto.

Na escola de circo, Rui dá aulas de malabares com a bebé Felisbela presa às costas. Os alunos estranham e comentam que esteja ali um bebé. Martim chega e Rui manda-o ir à associação ajudar Naomi com a organização da festa.

Na associação, Marta, Gustavo, Lucas e Leo estão nos preparativos quando Martim chega e explica porque é que Rui não pode ir. Afirma ainda que é o padrinho da bebé. Naomi chega com cara de caso e conta que recebeu um donativo de cinco mil euros. Foi Lucas mas este não revela.

Na rádio, Vitória está a trabalhar quando ouve dois colegas falarem dela. Fica muito perturbada mas não se expõe. Sai dali com lágrimas nos olhos.

Na Somecel, Júlia tenta saber informações sobre as contas da empresa, junto do contabilista mas este aconselha-a a falar com Fernando. Vitória liga à mãe, nesse momento, e chora cheia de remorsos, acusando-a de a ter obrigado a mentir. Desliga o telemóvel e recebe uma mensagem de Diana com uma fotografia da escola de circo.

Na clínica, João termina uma consulta com Fernando e combinam que este vai fazer uma lipoaspiração. Rodrigo aparece e confronta o irmão com a verdade e não entende as motivações de João para manter a farsa sobre a sua vida.

Entusiasmada, Diana troca algumas mensagens com Vitória quando recebe uma chamada do seu advogado que lhe diz que encontraram impressões digitais de Enrico nas balas, o que a deixa esperançosa.

André entra no seu carro para ir para casa e é surpreendido por Enrico que lhe aponta uma faca ao pescoço. Enrico afirma que sabe que foi André quem matou Giacomo e que ficou com o dinheiro. Quer que ele lhe entregue tudo.

André conduz nervoso quando vê um carro da policia aproximar-se. Guina o carro para cima dele e consegue sair lá de dentro, deixando Enrico trancado. Denuncia-o à polícia e os agentes levam-no algemado.

Na biblioteca, Nestor procura um álbum com fotografias de África e mostra a Simao. Este reconhece a avó numa delas e Nestor afirma que a sua avó foi importante para ele. Por estar numa situação debilitada, Simão não quer guardar ressentimentos e já consegue olhar para Nestor como amigo.

Adelaide chega a casa e Jacinta pede-lhe que não seja indelicada com Simão. Quando este aparece na sala com Nestor, Adelaide finge ser extremamente simpática.

André conta a Francisca o que se passou com Enrico e está convencido que estão livres de perigo, com ele preso. Francisca continua a sentir receio.

João procura Carmo, cheio de raiva por ela ter contado tudo a Rodrigo. Esta declara que o melhor que podia acontecer era toda a gente saber que ele é gay pois assim Adelaide parava de o manipular. Carmo não perdoa que João tenha oferecido dinheiro a Celso.

Vitória aparece de surpresa em casa de Diana com uma caixa de sushi. Diana fica agradada mas percebe que Vitória não está bem. O advogado de Diana liga a informar que Enrico foi preso, o que deixa Diana mais perto de ser ilibada.

Júlia procura a curandeira e esta declara que o Júlia mais teme vai acontecer, vai perder a confiança de quem lhe é querido e não há nada que possa fazer para o evitar.

Diana e Vitória jantam descontraídas até que Diana decide contar que se vai divorciar. Levada pela conversa, Vitória partilha também que foi ela quem atropelou Marta e admite que se sente muito mal com isso. Diana apoia-a e acha que ela não se deve martirizar tanto.

Durante a festa de inauguração da associação no bairro, Naomi faz um lindo discurso a agradecer a todos pela ajuda e está muito feliz por ter realizado o seu sonho.

Júlia interroga Fernando sobre o que se passa na Somecel e este afirma que são só alguns problemas de liquidez. Júlia fica pensativa e quando Vitória chega quer saber onde ela esteve mas esta não conta nada.

Diana e João estão distantes mas esta conta que apanharam o presumível assassino de Giacomo e avisa-o que quando se livrar da pulseira eletrónica, sai de casa. João pede-lhe que não o faça.

Na marisqueira, Nelson aborda André e propõe-lhe que lhe pague uma percentagem do negócio das amêijoas e que assim afastará a polícia do assunto. Surpreso, André fica de pensar no assunto.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close