“Alma e Coração”: Resumo dos próximos episódios

"

83º Episódio (10 a 16 de dezembro)

No tribunal, o advogado Soares não consegue libertar Diana. Apesar de falar da denúncia anónima, que coloca outra pessoa no local do crime, Diana fica em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Adelaide fica incrédula ao saber pelo advogado Soares a versão da história de Diana. Pede-lhe que tente por tudo manter o assunto em segredo da comunicação social.

Nestor pede conselhos a Fernando sobre o que há de fazer em relação ao seu neto. Por sua vez, Fernando desabafa sobre os problemas com os seus filhos e omite de Nestor que está arrependido de ter deixado Margarida para ficar com Júlia.

No hospital, Simão confronta Jacinta afirmando que sabe que ela não é enfermeira e que só o visita a ele. Pergunta-lhe diretamente se ela é a mulher de Nestor, o que deixa Jacinta atrapalhada.

No tribunal, o advogado Soares não consegue libertar Diana. Apesar de falar da denúncia anónima, que coloca outra pessoa no local do crime, Diana fica em prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Jacinta explica a Simão que não fez por mal e que só o queria conhecer. Simão reconhece que ela tem bom coração e só quer ouvir dela coisas boas.

Na rádio, Ana comunica a Rodrigo que Diana vai aguardar o julgamento pela morte de Giacomo em prisão domiciliária. Apesar da insistência de Ana, Rodrigo recusa falar do assunto.

Francisca trabalha em casa e tenta falar ao telemóvel com Zé Maria, em vão. André entra em casa e conta a discussão que teve com o filho e que lhe deu uma bofetada. Age como se não fosse nada demais, o que deixa Francisca muito angustiada.

Diana chega a casa com agentes da polícia e um técnico que lhe coloca a pulseira e dá indicações de como aquilo funciona. Adelaide acompanha todo o processo e dá o seu apoio à nora. Estranha quando o seu filho Rodrigo aparece mas este disfarça diante da mãe e diz a Diana que vão conseguir provar a sua inocência.

Vitória comenta com Júlia que não acredita que Diana tenha sido capaz de matar um homem. Júlia não esconde o seu contentamento com a prisão da rival.

Jacinta elogia o gesto de Adelaide em ajudar Diana na ausência de João. Nestor também liga ao advogado Soares para se certificar que este está a fazer tudo o que pode para ajudar Diana e quer ser informado de tudo o que se está a passar. Jacinta revela ao marido que tem estado com Simão e pede-lhe que não desista do neto.

Na casa de chá, Gustavo lê concentrado o processo de Aida, tentando descobrir algo para impedir o andamento da situação e a deportação de Aida. Quando menos espera, percebe que a morada do mandato de busca está errada, tornando a detenção de Aida inválida, aos olhos da lei. Sai a correr.

Leonor decide que quer ir à polícia contar que Giacomo era o cabecilha da rede de tráfico humano. Luís hesita mas Cecília apoia a filha e olha-a num misto de preocupação e orgulho.

Vera e Diana encontram-se e conversam sobre a hipótese de ter sido André a matar Giacomo e querer incriminar Diana. António acha isso pouco provável pois nesse caso podia tê-la assassinado também.

Ao jantar, Francisca conversa com Zé Maria e repreende a sua atitude em relação ao pai. No entanto, este não esconde que deseja que a mãe se separe do pai e que arranje alguém que a mereça.

Rui chega à escola de circo e encontra Martim a dormir. Para o testar, acorda-o com um saco de gelo no tornozelo supostamente magoado. Martim levanta-se sobressaltado, e apoia-se no pé, sem se lembrar que está a fingir.

Aida está muito preocupada por Leo não ter dormido em casa. Naomi observa que o irmão nunca vai mudar de atitude quando Leo chega a casa, acompanhado de Lucas. Querem levá-las a um sítio para lhes mostrar uma surpresa.

Na rua, Lucas mostra a Naomi e a Aida a placa da associação colocada na parede, o que as deixa comovidas. No entanto, ainda há mais. Naomi entra na associação e fica comovida ao ver que está tudo pronto a funcionar. Sem palavras, agradece a Lucas e a Leo por terem feito tudo aquilo.

Flávio prepara o pequeno-almoço para Eduarda mas esta já está pronta para sair de casa pois quer ter a marisqueira impecável para receber os fiscais da ASAE.

Raimundo comenta com Deolinda que está preocupado com o fato de terem fechado a marisqueira e receia que tenha sido por causa das suas amêijoas. Conta ainda à mulher que o homem que o contratou apareceu morto e acredita que ainda vai ser apanhado no meio da confusão.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close