“Amar Depois de Amar”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 55 (25 a 31 de agosto)

Sebastião diz que Vicente só sai para comprar vinho, se não aparece é porque está morto. Nemésio pergunta porque tinham o sapato de Marina e Sebastião diz que talvez Vicente tenha desaparecido por medo que o acusassem e que matou o seu filho, Toninho. Miguel diz que este foi amante de Marina, uma das hipóteses é que tenha voltado a um reencontro com ela e constata que estão três pessoas desaparecidas, Toninho, Joaquim e Vicente. Laura está trancada em casa de faca na mão espera que Joaquim volte a ligar. Augusto revista a casa que está mais limpa que o habitual e descobre dentro de uma lata de bolachas uma quantia de dinheiro considerável e não consegue perceber como é que o miserável do cunhado tinha guardado tanto dinheiro.

Alice pretende levar Gabriel e Nicolau avisa-a, que enquanto Matilde não desistir do teste de paternidade, Augusto não volta com Gabriel. Nicolau atende uma chamada e Augusto percebe que ele não está sozinho, e avisa-o que Gabriel ficou com Luísa, e que assim que tiver notícias avisa. António diz que não é preciso peritagem para o terço, um polícia identificou-o e é de Mané. Ângelo sabe quem é, não percebe porque esteve em sua casa, e vai pedir uma investigação fora do alcance de António. Raquel procura Augusto e Gabriel e Nicolau não diz onde estão.

Raquel fala no novo detido, e pede a Nicolau que avise o pai que não se divorcia até estar resolvido o assassinato. Augusto acaba de contar as notas e fez vários molhos que agora volta a guardar na caixa e dirige-se à saída de casa quando vê Vicente ensanguentado. Regresso ao passado. Gonçalo e Marina estão no hotel e falam em passar mais tempo juntos. Gonçalo tira a aliança e envolvem-se. Raquel prepara uma pasta afrodisíaca, precisa de apimentar a sua relação. Júlia diz que é normal, são muitos anos. Raquel insiste na ideia. Marina fica aterrorizada ao ver Luísa, e pergunta se Vicente lhe bateu. Ela nega, e conta que alguém lhe deu dinheiro, por ter enviado por Sandro 1000 euros para comprar um drone.

Marina diz que foi ela que lhe deu, o dinheiro foi feito com aulas de Tango. Raquel fez o jantar, quer uma noite a dois. Chega André e fala com Gonçalo no pátio para Raquel não ouvir. André encontrou na bagageira do carro usado por Gonçalo ossos humanos, e mostra uma foto. Regresso ao presente. Augusto liga a António e avisa-o que Vicente está vivo, mas muito ferido, enquanto aguarda pelo 112. António conta que tem um detido, um cúmplice de Zorra, e que tinha o sapato de Marina. António pede que lhe pergunte quem lhe fez isso, antes que morra, e Augusto anui que ele não consegue falar, e conta que encontrou muito dinheiro numa lata. Mané está triste, por ter perdido a única recordação da mãe, e sente que é mau sinal ter perdido o terço.

Aurora entrega as ostras a Eduarda, e André pergunta-lhe se sabe a quem Gonçalo vendeu as ações. Passagem para o passado. Gonçalo conta a Marina que Vicente meteu um morto na bagageira do seu carro e ela diz que era Toninho, que volta sempre para a assombrar. Gonçalo anui que isso agora acabou e que o atirou ao rio. Marina lembra que o filho se iria chamar Sebastião, e que a parteira lhe disse que nasceu morto. Passagem para o presente. Joaquim ameaça Laura, ou consegue que libertem Sebastião ou mata-a com o bebé na barriga, e assente que Rosa lhe contou tudo, e sabe onde ela mora.

Augusto chega à PJ e conta a Nicolau que Gabriel está bem, mas ainda corre perigo e informo que o sangue que tem na roupa é de Vicente, que ficou no centro de saúde. António pergunta se Vicente contou quem lhe bateu, e ele nega, e pede a Aline para sair por já não ser sua advogada. Sebastião dá os seus pêsames a Augusto. Conta que nessa noite ia com Joaquim a um bar quando ouviram um tiro, depois passou um carro azul. Passado pouco tempo, ouviram um estrondo e o carro estava virado. Apenas viu o sapato e levou-o pensado que podia ser de uma mulher da vida fácil.

Miguel pensa na distância entre o capotamento e o local onde estava o corpo de Marina e Augusto na pedra que atiraram ao para-brisas. Raquel dúvida que resulte mas segue as indicações de Eduarda e Júlia. Coloca as ostras junto de Gonçalo, ele recorda o momento em que as deu a Marina pela primeira vez e começa a querer falar. Laura vai à PJ e pede ao marido para libertarem Sebastião. Ele lembra que ela devia descansar, e Laura insiste, se não libertarem Sebastião, Joaquim mata-a juntamente com o bebé. Eduarda incentiva Raquel, e ela aproxima-se do ouvido de Gonçalo, e ele chama por Marina.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close