“Amar Depois de Amar”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 6 (17 a 23 de junho)

Augusto discute com o chefe do posto e exige ver a mulher, mas Figueiredo limita-se a dizer que Marina não está ali e tem ordens para não dizer onde ela está.

Ângelo entra no posto e vinca que acabou de acusar Marina de ter tentado matar Gonçalo, deixando todos atónitos.

Repórter relata que Marina alvejou um GNR e Nicolau não aguenta mais que digam mal da mãe e tira o som da televisão. Laura vê atenta as notícias e liga a Miguel pedindo-lhe que lhe ligue mal saiba novidades sobre Marina.

Miguel conta a Augusto que Ângelo acusou Marina de ter atraído Gonçalo para uma estrada secundária para o roubar. Augusto frisa a Miguel que mesmo que Marina o tenha feito, não é nenhuma criminosa, e só fugiu por vergonha.

Matilde ordena a André que colabore em tudo o que Ângelo necessitar para conseguirem culpabilizar Marina pelo acidente de Gonçalo. Figueiredo, acossado por António e Ângelo, acaba por dar ordens para que tragam Marina.

André vai a casa dos Macedo e fica surpresa por ser Sara que lhe abre a porta em toalha de banho. Sara pede a André que lhe conte tudo sobre essa história a envolver os Oliveira e os Macedo.

Laura pesquisa no computador notícias sobre Marina e recebe mensagem de Miguel a avisá-la que vão trazer Marina. Alice visita o pai e conta que Mariana está viva.

Nesse instante, Gonçalo abre os olhos e ela sobressalta-se. Alice aparece no corredor e diz a Raquel que o pai acordou e abraçam-se felizes. Augusto liga ao filho e promete-lhe voltar a ligar mal saiba novidades. Vê-se uma silhueta de mulher a surgir na porta de um vidro fosco.

Dr. Raimundo analisa as pupilas de Gonçalo e diz às Macedo que Gonçalo continua em coma e teve apenas um espasmo. Alice não acredita nisso, e acaba por confessar que o pai reagiu à notícia que lhe deu de Marina estar viva.

Uma mulher é trazida por uma guarda, e Augusto diz atónito que ela não é Marina e fica arrasado, sem saber como vai dizer aos filhos que Marina continua desaparecida.

Nicolau atende chamada do pai e fica com um mau pressentimento por ele não lhe dizer nada sobre Marina e Catarina segue para o quarto a chorar.

Raquel chega a casa e conta a Sara que Gonçalo reagiu à notícia de Marina estar viva. Jornalista relata que Marina continua desaparecida e a mulher que se fez passar por ela sofria de problemas mentais.

Nicolau repreende Augusto por não ter tido coragem de contar que a mulher que estava no posto da GNR não era Marina, e culpabiliza Gonçalo pelo desaparecimento da mãe.

Tocam à campainha e Catarina abraça feliz uma mulher, perante o ar surpreso de Augusto e Nicolau. Regressamos ao passado.

Catarina fica feliz por Marina contar que vai ver o salão de dança que Raquel lhe arranjou, e que decidiu dar um novo rumo à sua vida. Gonçalo repara que lhe falta dinheiro na gaveta, e pede a Raquel para o avisar da próxima vez, assentindo ir com ela ver o salão de dança que arranjou para Marina.

Naruto entrega dinheiro a André, e fica incomodado por ele lhe contar que Gonçalo lhe andou a fazer perguntas sobre os negócios e pede-lhe que têm que ser cautelosos.

Marina avalia a sala que Raquel lhe arranjou, dando alguns passos de tango. Gonçalo entra, e observa-a embevecido e oferece-lhe uns sapatos de tango.

Gonçalo insiste para que dancem juntos, as suas bocas quase se tocam, as luzes vão abaixo, e Marina aproveita e sai porta fora. Augusto e Nicolau trabalham nas obras de remodelação da cozinha dos Macedo.

Nicolau dirige-se ao quarto para descobrir o número que Gonçalo calça, como Marina lhe tinha pedido e ouve Alice na casa de banho e espreita-a. Alice apanha Nicolau a observá-la e discutem acesamente, Augusto chega e agarra no filho e diz-lhe que não quer vê-lo tão cedo naquela casa.

André faz uma transferência bancária no computador. Raquel entra e critica-o por ter contado a Gonçalo que lhe andava a dar dinheiro e ele para emendar a situação, entrega-lhe dinheiro em notas a Raquel, dizendo libidinoso que pode contar sempre consigo.

Voltamos ao presente. Luísa chega a casa dos Oliveira e fica abalada por não haver novidades sobre o paradeiro da sua irmã Marina e pede a Augusto para falarem a sós.

Páginas: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close