“Amar Depois de Amar”: Resumo dos próximos episódios

"

Episódio 58 (2 a 8 de setembro)

Augusto e Raquel concordam ser melhor que Gonçalo seja culpabilizado pela morte de Marina pelos trâmites normais. Raquel recebe chamada, e diz a Augusto terem de ir a um sítio nessa noite. Augusto e Raquel olham em redor impressionados com a sumptuosa casa onde Aurora vive. Aurora conta-lhes que Gonçalo passou as ações da fábrica para seu nome para proteger a Odisseia de André. Revela por fim que era amante de Fernando, tendo sido ele que lhe proporcionou aquela vida desafogada.

Regresso ao passado. Augusto chega a casa e percebe que Marina está no duche e junta-se a ela, beijando-a excitado. Marina alerta Augusto que o facto de terem feito amor não significa que esteja tudo sanado entre eles, e pede-lhe que lhe dê um ano para pensar que decisão vai tomar. Regresso ao presente. Raquel expressa a Augusto a sua satisfação por Matilde também ter sido atraiçoada por Fernando e apresta-se a ir com Augusto ao Alentejo para ir buscar Gabriel. Nemésio conta a Matilde e André que conseguiu arranjar uma amostra de ADN de Gabriel, perguntando à primeira se pretende mesmo avançar com os testes para descobrirem se ele é um Macedo.

Mané arruma as suas coisas para sair, e fala mal a Catarina por ela estar com João, não acreditando naquela história, dela estar a apoiá-lo pela morte do pai. Laura tenta reconciliar-se com Miguel, e ele critica-a por ter sido capaz de envolver-se com um criminoso a troco de informações, e Laura atira-lhe a comida à cara. Nicolau fica furioso com Aline por ela querer imputar as culpas em Mané do que aconteceu a Ângelo, vira-lhe as costas e sai irritado. Augusto abraça Nicolau por ele lhe dizer que pretende voltar para casa.

Regresso ao passado. Augusto tenta envolver-se com Marina, mas ela afasta-o, e Augusto limita-se a abraça-la e a pedir-lhe que não o deixe.  Raquel diz a Alice que o casamento dela com Gonçalo melhorou muito desde que ele voltou a trabalhar na fábrica e irrita-se com Alice por ela a questionar se nunca pensou que Gonçalo pudesse ter uma vida dupla. Gonçalo olha incomodado para Marina a admitir que teve relações sexuais com Augusto, responsabilizando-o por estar a protelar a sua separação com Raquel. Gonçalo pede-lhe mais um tempo, mas Marina avisa-o que não vai tolerar muito mais tempo aquela situação de ter de dormir com dois homens ao mesmo tempo.

Passagem para o presente. Sebastião assevera a António que tanto ele, como Joaquim não mataram Marina. Nega saber quem era a sua mãe, e conta que foi levado em bebé para casa de Joaquim, que foi quem o criou. Catarina está a fazer a cama de Nicolau e repara que está sangue no chão. Nicolau exige a Alice querer falar com Gonçalo, dizendo saber que a família dela vai fazer tudo para ilibá-lo da morte da mãe e Alice avisa-o que ainda se vai arrepender amargamente de se ter envolvido com Aline. Nicolau fica hesitante por receber chamada de Mané a pedir-lhe ajuda por a polícia andar à procura dele. Aline chega com Augusto e Raquel à casa do lago, e comentam perceber que Gonçalo e Marina se tenham apaixonado um pelo outro naquele local.

Raquel e Aline trocam provocações mútuas, com a primeira a acusar Aline de ser a principal responsável por Tiago se ter suicidado. Vemos um vulto a caminhar com dificuldade para a casa de campo. Raquel liga para Augusto a pedir-lhe que venha já para casa por não querer estar mais com Aline. Raquel ouve barulho lá fora vê-se agora um vulto que empunha na mão uma navalha. Aline fecha a porta de casa, deixando Raquel indefesa no telheiro e Raquel chora aflita.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close