“Ambição”: Protagonistas contam ao Zapping o que as levou a aceitar o desafio


Ambição

A apresentação do elenco de “Ambição” (nome provisório), a nova novela da SIC que estreia em setembro decorreu esta quinta-feira na zona do parque florestal de Monsanto, em Lisboa.

A esmagadora maioria do elenco de “Ambição” compareceu no evento e desdobrou-se em entrevistas aos jornalistas num ambiente bastante descontraído e informal.

O Zapping esteve à conversa com as protagonistas da nova novela da SIC, que se mostraram bastante confiantes no projeto. Rita Blanco e Maria João Luís vão viver Sofia e Laura, o bem e o mal da nova trama de Pedro Lopes.

Com bastantes saudades da representação, nomeadamente do género novela, Maria João Luís admite, no entanto, que não aceitou logo. «Dei por mim a pensar que estava realmente com vontade de voltar a fazer novela, mas não queria fazer só porque sim. “Ambição” surgiu no meu caminho, sem que estivesse à procura e após me explicarem o que tinham para mim, aceitei logo. Tive primeiro de me inteirar do projeto, mas depois de passar essa fase fiquei rendida. Foi ‘sim’ na hora».

Quanto à personagem, Maria João confirma que vem aí alguém mesmo muito mau. «O grande problema, ou por outra, a grande particularidade de Laura é que ela não tem filtro. Ela quer, o mundo tem de obedecer e a obra acontece. Não há nada para ela que não justifique os seus fins. Nunca fiz nada assim, esta mulher é capaz de tudo para conseguir o que quer e está-se nas tintas para o sofrimento alheio. Desde que isso lhe traga prazer… já nem falo em felicidade, pois não sei ainda até que ponto ela pode ser feliz».

Já Rita Blanco não tem problemas em admitir que o elenco e a produção em si foram fundamentais. Questionada sobre o facto de ter dito várias vezes que jamais faria novelas, a atriz justifica a guinada. «É um facto que nunca gostei de fazer novela. Nada contra quem faz, aliás acho mesmo que devem existir muitas novelas para que todos os atores tenham trabalho, só que não é, ou não era, o que me satisfaz». E o que fez então Rita mudar de opinião? «Quando me propuseram “Ambição” pensei ‘Pronto, coitadinhos, ficaram loucos’. Depois explicaram-me a personagem. E eu pensei ‘Ainda por cima protagonista?’ Depois então veio todo o projeto… e o nome da Maria João Luís com minha contracena, a minha maior rival. E eu pensei ‘pronto, estou tramada, vou aceitar…’».

O elenco foi, de facto, o fator decisivo para Rita Blanco aceitar viver Sofia, mas a personagem ajudou. «Eu não posso falar muito, mas posso dizer que a Sofia está muito consistente. Jamais faria uma personagem oca. Aqui há justificação para tudo o que acontece. Muito do que me afastava das novelas está esbatido. Além disso há tempo. Quem é que pode dizer, hoje em dia, que tem 6 meses de gravações, calmamente, com “repete, repete, repete” à vontade, antes da estreia? É um luxo!».

A única novela completa de Rita Blanco foi “Tempo de Viver”. A atriz foi contratualmente obrigada a desempenhar o papel de Marta. «Toda a gente já sabe a minha opinião acerca desse trabalho. Está feito, está cumprido, não vale a pena voltar ao assunto».

As duas protagonistas vão agora entrar em gravações para um trabalho que os portugueses só podem ver a partir de setembro. Algo que agradou a ambas. «É fundamental e aí a Rita tem toda a razão. E é bom deixarmo-nos disto que é suposto eu ganhar um ‘pozinho’ a ela. Mas sim, é ótimo ter este tempo todo e podermos mergulhar a fundo sem ser tudo a correr».

“Ambição” estreia em Setembro na SIC.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close