“Amor Maior”: Com final à porta, Vicente é assassinado por Augusto

Amor Maior

Rogério Samora é Vicente em “Amor Maior”

A caminho do final, “Amor Maior” vai contar com muito drama. Vicente (Rogério Samora) é morto por Augusto (Sílvio Nascimento).

Em breve, ao ver Laura (Ana Padrão) a ser atacada pelo vilão, o empresário sai em defesa da irmã e acaba por ser baleado fatalmente.

Os próximos episódios de “Amor Maior” prometem ação. Depois de ficar espantado e orgulhoso por ver a irmã na fábrica, Vicente ouve a mãe de Clara (Sara Matos) dizer que o que mais quer é recuperar as filhas.

Laura observa tudo na fábrica. De repente, Augusto aparece-lhe à frente e ela grita por Vicente, enquanto se debate para libertar-se. O irmão atira-se ao raptor e envolvem-se à pancada.

A saída da fábrica, Manel (José Fidalgo) vai dar boleia a Helena (Sofia Sá da Bandeira) de mota quando Laura sai em pânico. Pede ajuda, afirmando que Augusto apareceu e vai matar o seu irmão. O vilão aponta uma arma a Vicente. Este avança para ele no momento em que Manei chega. Augusto dispara e o empresário morre.

No exterior, Laura chora, em pânico, depois de terem ouvido um tiro. A mãe de Afonso afirma que Augusto vai matar toda a gente e vai levá-la. Helena está preocupada com Manel.

O inspetor manda Augusto largar a arma. De seguida, algema-o e percebe que Vicente está morto. Chama reforços e prende Augusto pelo homicídio de Vicente.

A Polícia chega ao local e Laura pergunta por Vicente. Manel dá-lhe a notícia de que o irmão morreu, deixando-a em choque. Pouco depois, Pilar (Maria João Luís) chega ao local, incrédula. Não perdoa o colega por não a ter chamado ao local do crime e exige ver Augusto.

Enraivecida, a inspetora encara-o e este alega ter matado Vicente em legítima defesa e que Laura é a sua mulher. Pilar esbofeteia-o e diz que vai dar cabo dele.

O funeral de Vicente também promete cenas movimentadas tudo porque Francisca decide ir ao enterro do meio-irmão.

Ao ver a vilã no cemitério, Clara fica furiosa e não a quer ali. A tia alega ter o direito de ir ao funeral, mas Clara não a deixa e empurra-a para dentro de uma cova aberta.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close