António Barreira já terminou de escrever “Jardins Proibidos”


jardins proibidos

António Barreira terminou, ontem, de escrever a novela “Jardins Proibidos”. O autor de sucessos da TVI foi chamado de urgência por José Eduardo Moniz para auxiliar Manuel Arouca e mudar o rumo de várias histórias.

Um trabalho árduo, mas que levou a TVI a conquistar o horário, deixando poucas hipóteses para “Poderosas” respirar.

No sua rede social, Barreira agradece a todos aqueles que estiveram nesta maratona:

Ponto final nos Jardins Proibidos! Foram meses duma grande maratona, mas bastante valiosa, onde trabalhei com uma equipa de profissionais criativos de mão cheia! É daqueles projetos para que olhamos e dizemos: Valeu a pena! E valeu mesmo… Pela união, pelo esforço, pela entreajuda, pelo companheirismo de todos e, sobretudo, pelo grande profissionalismo. Novos desafios nos esperam! Voltamos a encontrar-nos em breve.  Acho que é hora de dormir, ainda que fique aquele sentimento de nostalgia que fica sempre e que só quem escreve compreende… Obrigado a todos!

“Jardins Proibidos” termina em setembro.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close