António Cordeiro deixa CMTV debaixo de grande polémica


CMTV

António Cordeiro deixou a CMTV

Ainda a CMTV não tinha data de estreia oficial nem grelha anunciada e já António Cordeiro estava convidado para o projeto da Cofina e desdobrava-se em entrevistas, elogiando a nova estação e o convite que haviam feito para o ator apresentar um late show.

Na altura o ator anunciava um programa «perigosamente bem-disposto» é o que prometia ser um espaço feito à sua medida. «Como ator pensei num universo que tem a ver com o teatro e com a dança, o burlesco, e trouxe essa componente», referiu na altura.

Quase mês e meio depois de ter arrancado, o CMTV perde uma das maiores apostas e um dos primeiros rostos a ser contratado. “Palácio do Burlesco” acabou de forma polémica, com com António Cordeiro a usar o Facebook para lançar fortes críticas à estação exclusiva MEO e à produtora.

Com algumas qualidades apontadas « por exemplo no notável genérico», o ator crítica os envolvidos. «Aquilo em que tanto acreditei foi o mais frustrante e mentiroso em que, depois de tantos anos nesta área de atividade, me vi envolvido», disse na rede social. Cordeiro considerou ainda que o fim do formato decorreu «do modo mais deselegante possível.»

O programa de António Cordeiro era exibido no late show da CMTV e deve ser substituído por um ciclo de cinema erótico, como o Zapping anunciou esta manhã, citando o próprio CM.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close