António José Seguro está preocupado com a RTP e não quer mais despedimentos

Para António José Seguro, secretário-geral do PS, a RTP não precisa de mais despedimentos para sobreviver. O responsável socialista é da opinião que estão criadas «todas as condições» para a rádio e televisão públicas não enveredarem pela política das dispensas. Para Seguro isso pode implicar uma «diminuição da qualidade» da RTP.

À agência Lusa, o líder da oposição diz ter forma de travar esta política de despedimentose ao mesmo tempo tornar a RTP viável. «Gosto de me pronunciar sobre os relatórios depois de os conhecer. Defendo uma televisão pública em Portugal com qualidade e estou preocupado pois vejo uma diminuição da qualidade da prestação do serviço da televisão pública».

António José Seguro diz-se preocupado com toda esta situação. «Preocupa-me tudo o que passa por rescisões e o aumento de desemprego no país. Existem todas as condições para olhar para a televisão pública sem que seja necessário o despedimento das pessoas», terminou.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close