Ao Sol, Pedro Coelho fala de ‘A Fraude’

‘A Fraude’, uma “Grande Reportagem SIC”, foi exibida em 4 capítulos dentro do “Jornal da Noite”. Com promoção massiva, a reportagem com a assinatura de Pedro Coelho alcançou bons números de audiência e mostrou os meandros dos negócios à volta do BPN (Banco Português de Negócios).

A ideia surgiu, como conta o jornalista ao jornal Sol, «Após ter feito uma reportagem, no ano passado, sobre o percurso dos ministros e secretários de Estado depois de saírem dos governos, quis provar que em Portugal era possível fazer jornalismo de investigação na televisão».

Através dessa primeira reportagem «surgiu uma pista relacionada com o Banco Português de Negócios (BPN), num ângulo específico: o de saber como era possível encontrar o dinheiro desaparecido. Entretanto, entro em contacto com uma empresa holandesa, de um antigo investigador da polícia, que se dedica a encontrar o rasto de dinheiros escondidos. Esse tipo trabalha também em Espanha e na Irlanda», contou.

O facto de «as autoridades portuguesas desconhecerem» grande parte dos factos levou Pedro Coelho a avançar. O responsável pela reportagem refere: «Comecei a documentar-me sobre o BPN e a ler os milhares de artigos que saíram. E depois comecei a juntar as pontas. Percebi que nenhum dos implicados queria falar, mas ao mesmo tempo havia imensa informação que tinha sido produzida nas comissões parlamentares de inquérito, na de 2009 e na de 2012».

Ainda ao Sol, Pedro Coelho refere que o que o surpreendeu mais foi «a forma amadora como tudo foi feito. E os acionistas comeram isto e o sistema bancário fechou os olhos».

O jornalista conta ainda que ‘A Fraude’ se inspirou em “Inside Job”, documentário sobre a falência do sistema financeiro mundial pois «também conta uma história em capítulos, com uma montagem com um ritmo semelhante».

Esta “Grande Reportagem SIC” demorou quase meio ano a ser feita, entre avanços e recuos, descobertas e confirmações. Foram «cinco meses, durante os quais fizemos esta reportagem de 100 minutos, mais uma peça de 16 minutos que passou em dezembro no “Jornal da Noite” e que foi alimentada a partir deste trabalho. Normalmente as peças da Grande Reportagem duram dois meses, da produção à emissão. Esta foi, de facto, um esforço extraordinário», termina.

‘A Fraude’ em audiência:

Capítulo I – A Linha do Tempo

16.4 de rating e 32.5% de share (1,552.700 espectadores)

Capítulo II – Anatomia de Um Golpe

13.5 de rating e 24.8% de share (1,279.400 espectadores)

Capítulo III – No Rasto do Dinheiro

16.1de rating e 31.5% de share (1,524.900 espectadores)

Capítulo IV – A Caixa Negra

14.7de rating e 30.2% de share (1,395.100 espectadores)

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close