Audiências: RTP quer acabar com o ‘outros’

O plano de reestruturação da RTP prevê «estudar a possibilidade de retirar da medição o ‘outros’». Esta categoria inclui as gravações nas boxes, o video on demand, a internet vista na televisão e os jogos de consola, escreve o Sol.

De acordo com o documento a que o Sol teve acesso, a RTP entende que a categoria que é medida pela Gfk corresponde muito pouco a consumo de conteúdos televisivos e mais a outro tipo de utilizações. A estação pública recorda que a categoria ‘outros’ conseguiu em 2012 uma quota de mercado de 11% e um total de 216 mil espetactores, em média, «sendo que desses, segundo os estudos da CAEM (Comissão de Análise de Estudos de Meios), apenas 2% são consumo diferido».

O plano aponta o «final de 2013» como meta para introduzir esta alteração, mas também para conseguir a «revisão dos estatutos da CAEM» – a comissão representativa do setor responsável pela gestão do sistema de medição de audiências.

O calendário não foi escolhido ao acaso: é que o mesmo plano estabelece como meta atingir 22% de audiência média nos dois canais da RTP até ao final de 2014. Um objetivo ambicioso, dado os resultados recentes da RTP, que já chegaram a ficar abaixo dos da categoria ‘outros’.

Eduardo Branco, da Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) – um dos membros da CAEM – diz desconhecer a intenção da RTP, mas não entende a necessidade de avançar com essa alteração. Ao semanário, o responsável diz que «o ‘outros’ faz parte do consumo de televisão. Podemos ignorar esses dados, mas isso não altera o facto de esse consumo existir».

Ainda ao Sol, António Salvador, da Gfk, tem uma reação idêntica: «É tudo uma questão de tratamento de informação. Pode ser feito, mas é preciso que se perceba que o consumo existe, mesmo que não esteja na medição».

Contactadas pelo mesmo jornal, nem a CAEM, nem a RTP, nem a SIC nem a TVI estiveram disponíveis para comentar esta possibilidade.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close