"

“Belmonte”: 30 de setembro a 06 de outubro

Esta Semana em “Belmonte”
(30 de setembro a 06 de outubro)

Episódio 6

João corre atrás de Paula, que quer ir embora, por não se sentir parte da família. João pede-lhe para reconsiderar. João agarra-lhe o braço com ternura e fala com Paula, dando-lhe apoio. Julieta observa-os furiosa e fica magoada com a atitude de João. Quando João retorna ao quarto, percebe que Julieta já não se encontra no seu interior e pela janela, vê Julieta em fuga, num cavalo. Pedro e Paula também assistem a tudo.

Na manhã seguinte, Julieta é acordada por Fernando, junto às margens de um lago. Julieta abalada e envergonha, desculpabiliza-se para com o caseiro, por ter levado o cavalo..

Mais tarde, ainda na estalagem, Gustavo apresenta Sofia a Alistair e tomam café, juntos. Sofia mostra interesse em fazer negócio com Alistair, caso faça uma boa proposta.

João procura Julieta em sua casa, mas Anabela que o encontra à porta de casa, pede-lhe para que a deixa sossegada.

No moinho, Leonor ao constatar a inércia dos pais e do casal hippie, propõem sugestões para que procurarem trabalho ou pensem num projeto para que possam obter sustento. Depois de algumas ideias, Rafael lembra-se de que sabe o ofício de chocalheiro e Íris vê uma possibilidade de negócio nessa habilidade. Todos ficam entusiasmados.

Entretanto, no restaurante vegetariano, Marta e Carol, têm a ideia de arranjar um vinho da região para apoiar o restaurante. Pensam nos vinhos Belmonte. Ficam animadas com a ideia e procuram João na Adega.

Depois da conserva com Alistair, Sofia pressiona Gustavo a fazer a convocatória para assembleia-geral no Grupo Belmonte, antes que José chegue do Brasil.

Enquanto João se ocupa em convidar Paula para ir ter com ele à adega, Joana recebe Marta e Carol, que querem ser recebidos pelo responsável. As sócias e amigas explicam a razão para a visita, mas Joana não se mostra disponível e chega a ser rude. Marta fica exaltada com a postura de Joana.

Na saída da adega, Marta e Carol dão de caras com o Padre Artur e encetam conversa. Joana aproxima-se do Padre Artur iniciando uma cena de ciúmes que é testemunhada por João. Padre Artur, percebendo o motivo e o equívoco de Joana tenta acalmá-la, mas acima de tudo, expressa-lhe, que sendo padre, Joana não pode sentir ciúmes nem amor romântico para com ele. Padre Artur consegue ser discreto, a ponto de Joana não perceber que ele já reparou nos sentimentos que nutre por si. Envergonhada, Joana desculpabiliza-se com o Padre Artur e com João.

Na estalagem, Susana pede para investigar o quarto de Laura. Acompanhada por Henrique, procura pistas que a levem à causa da morte da ativista.

Entretanto, na adega, João pretende desabafar com o amigo, quando Paula chega e os interrompe. Padre Artur consegue perceber pela forma como João olha para Paula, que existe uma grande empatia e tensão entre ambos. O padre retira-se. João pede para Paula lhe ajudar a selecionar os vinhos para a feira que se aproxima. Animados com a sinergia criada, combinam ir até Lisboa juntos. Paula fica em êxtase.

Em casa, Lucas descarrega algumas fotos de Luísa para o computador. Escolhe as mais bonitas e começa a preencher um formulário online para o concurso numa agência de modelos. Lucas submete a inscrição de Luísa, sem o seu conhecimento.

No interior do quarto de Laura, Susana com umas luvas vasculha os bens pessoais da vítima. Henrique corre para o seu computador na receção e espia Susana através da câmara escondida atrás do espelho. Susana descobre um papel com o nome «Belmonte», no interior de um bolso de umas calças de ganga. Susana fotografa o papel.

Em Lisboa, José voltou de viagem e encontra-se no escritório do irmão Carlos. José afirma que suspeita que o pai tenha sido assassinado e conta todos os pormenores a Carlos. José diz que desconfia que tenha sido Sofia e o seu advogado, Gustavo, os autores ou os mandantes do crime. No entanto, não conseguiu obter provas. José pretende confrontar Sofia, mas Carlos não considera um bom plano. Carlos conta ainda o sucedido no Parque Cinegético. Os dois irmãos são surpreendidos por Mário, que anuncia que Sofia convocou uma assembleia-geral.

João procura Julieta em casa dos Milheiro para resolverem os problemas em torno de Paula. Julieta mostra-se magoada e inflexível. João comenta que apenas nutre um afeto e carinho por Paula, mas num sentido fraterno. Julieta continua irredutível na sua postura. A conversa acaba sem uma solução e Julieta fica em lágrimas na sala, sob o olhar de Anabela e Miguel.

Nessa tarde, Susana procura Hugo, no Café Figueira, para lhe informar das novas pistas que encontrou após a visita ao quarto onde Laura esteve hospedada. Hugo lembra-se da presença de Marta e Carol na manifestação e Susana decide interrogá-las.

No restaurante vegetariano, Marta e Carol ainda a ultimar os preparativos para a inauguração, recebem a visita de Susana. Esta fica a saber que elas não conheciam bem Laura e que apenas tinham contacto pelo Facebook. Tinham em comum uma organização de defesa dos animais.

Em casa, no quarto, Sofia revela a Paula o seu interesse em vender o património Belmonte assim que entrar para a administração. Mas Paula não concorda com a ideia, deixando Sofia surpresa. Ao sair do quarto, Sofia depara-se com a chegada de José. Sofia e José trocam algumas palavras cínicas e José assume ter estado no Brasil. José, que pretende testar Sofia, afirma saber que a morte do pai não foi um acidente, foi sim um assassinato. Sofia olha José em choque, assim como Pedro, João e Lucas.

Páginas: 1 2 3 4 5 6

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close