“Belmonte”: resumo de 24 a 30 de março

Anterior1 de 6Seguinte

Episódio 138

No posto da guarda, o assassino contratado por Sofia acaba por morrer tendo dito as suas últimas palavras para denunciar João Belmonte. Todos estão incrédulos e sem saber o que pensar.

Artur chega ao local do crime e percebe a gravidade da situação. Gustavo ainda tenta que o levem ao juiz, justificando que não quer continuar detido por mais tempo mas Susana explica-lhe que ele corre perigo de vida e que não é seguro. Este responde que Isaak já deve ir longe mas ela adianta que não foi Isaak o mandante do crime, arrependendo-se de seguida por ter falado demais.

No meio de tanta azáfama e aproveitando o facto de estarem todos lá fora, Gustavo pega no telefone do posto e liga para Sofia. Esta mostra-se surpresa com o telefonema e muito mais com a notícia da tentativa do assassinato do advogado. Ele não se deixa levar pela conversa e diz saber que foi ela a autora moral daquele crime. Promete vingança. Sofia fica pálida sem saber o que dizer.

Nos escritórios da Nottingham, Miguel e Anabela reúnem com Joaquim e dizem-lhe para tranquilizar os trabalhadores. Acrescentam também que devem manter o ritmo de trabalho mesmo não tendo encomendas. O empregado concorda em manter a moral dos trabalhadores em alta e fica animado com as notícias.

Gustavo vai ser presente ao juiz apesar de tudo e como tal alegra-se muito com a notícia. Perante todo o aparato do local, Hugo dá largas à sua veia jornalística e tenta perceber bem de perto o que se passou, mas é barrado pela polícia. Tenta contudo tirar o máximo de fotografias que consegue ao advogado. De seguida, parte para a redação do jornal onde já estão Íris e Lucas à sua espera bem como das notícias.

Quando Lucas se apercebe que o alvo era Gustavo, decide ligar para João, pois receia que o mandante do crime seja Isaak e que tenha também ordenado a execução do irmão. Contudo não consegue chegar a falar com João pois este tem o telemóvel desligado.

Flip vai até ao jornal em busca de respostas. Quer saber o que se passou ao certo nesta história do tiroteio mas quer também saber como está a sua história com Íris. A rapariga aceita ir beber um café com ele e durante a conversa acabam por confessar que ambos já estão virados para outras pessoas. Decidem que a relação deles acabou definitivamente e que só têm discutido ultimamente. Como tal, devem afastar-se e seguir caminhos diferentes.

Em Lisboa, João recebe a visita do inspetor Oliveira que entretanto foi ao seu encontro. Como o Belmonte tinha o telemóvel desligado não se deu conta das tentativas frustradas de contacto por parte do inspetor. Quando tenta perceber qual o teor da conversa que o inspetor pretendia ter com ele, João é surpreendido com o fato de Gustavo ter sido vítima de uma tentativa de assassinato.

Anterior1 de 6Seguinte
Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close