“Big Brother VIP” – Crónica VIP [12ª Edição]


"Big Brother VIP"

O espaço de opinião sobre o “Big Brother VIP”

A expulsão do Jorge Kapinha deu início à penúltima semana deste Big Brother Vip. Para comentar a semana décima segunda semana contamos com a Sandra Rodrigues e a Margarida Costa, desta vez sem convidado especial.

Margarida Costa

Confesso que tenho pena da saída do Kapinha, mas entre os três nomeados era, sem dúvida, o meu favorito à expulsão. Nunca o achei mau perdedor, nem mau feito, nem nada do que o acusavam lá dentro da casa. Acho que o Kapinha foi dos concorrentes que mais aproveitou a estadia lá dentro, assim como as provas e desafios. No entanto o Flávio (apesar de às vezes nos brindar com o seu péssimo feitio) é um dos meus preferidos à vitória, juntamente com a Sara. Portanto, restava o Kapinha para sair!

Pessoalmente não houve nada que me agradasse ou surpreendesse na Gala de Domingo. Foi mais do mesmo, com actuações, entradas Vips… Enfim. A Cinha tanto que quis entrar que entrou e ficou. Não me aquece nem arrefece, não é dos meus Vips favoritos e de todos os reality shows onde participou sempre me passou ao lado. Pelo contrário, gosto do Ramos e Ramos e ele teve tão pouco destaque no meio de tanto animal (e estou a falar da porca e da cadela da Cinha) que eu senti um pouco de vergonha alheia por ele.
A brincadeira que fizeram com a Kelly e o Pedro também não trouxe nada de novo. Houve tanta, mas tanta crítica à atitude do Pedro que eu não percebo as pessoas. Como ele foi atrás da namorada devia ser castigado, se não fosse era significado que não gosta dela. Pois eu gostei da atitude, acho que mostrou que gosta mais da Kelly que do prémio final. Se não o tivessem mandado para dentro da casa ele tinha saído, acho que não havia grandes dúvidas.

Quanto ao resto da semana, mais uma vez não foi uma semana marcante. Eles já são tão poucos que é quase impossível haver um momento marcante a esta altura do campeonato. Posso dizer que não gostei do método de selecção de nomeados. Foi um factor sorte, foi. Mas as nomeações nunca foram um factor sorte. Vamos ver o que está programado para hoje. Por mim iam todos. Havia uma votação lá dentro para salvar um ou dois e os outros iam todos. E… Adeus Tino!

Nomeações: Tino e Mafalda.


Sandra Rodrigues

Finalmente, depois de duas galas menos extasiantes, veio uma melhor. Eu gostei da gala de domingo. Acho que foi bem passada e contou com convidados interessantes. O Roberto Leal a falar um bocadinho de mais mas quando chegou a hora de cantar, animou a casa com o seu êxito. Também gostei do David Carreira (e da sua nova música) e adorei que a Cinha  lá tivesse ficado com o seu amigo Ramos e Ramos e com a Pepa e Juanita. A casa está com poucos habitantes, está muito morna, sem grande actividade e assim sempre se contribui mais para a vida na casa.

Quanto à expulsão, fiquei feliz com a saída do Kapinha. A Sara é a minha favorita à vitória portanto nem equacionei a sua saída mas estava na dúvida entre quem os Portugueses escolheriam. Claro que a escolha recaía entre Kapinha e Flávio e, gosto mais do Flávio do que do Kapinha, desde o início que não consigo digerir bem a “cegueira” dele pelo jogo. Além disso, acho mais justo o Flávio ficar, estando desde o primeiro dia e não merecia morrer na praia, a duas semanas da final. Contudo, não gostei da forma como a expulsão foi processada. O Kapinha já foi alvo de muitas brincadeiras por parte da produção no que toca a expulsões mas acho que uma coisa é quando se trata de algo positivo,  ele achar que vai sair e depois ficar, e outra é ele achar que fica e depois sai. Já uma fez o fizeram na “Casa dos Segredos 3” mas eu não gosto. Quanto à Kelly que chorava como uma Maria Madalena a achar que iria ser expulsa foi positivo para tirar certas dúvidas que muitos espectadores tinham em relação ao Pedro. Ele, não foi de modos, e entrou pela antecâmara adentro. Achei um momento  muito emotivo e querido.

Por fim, no que toca ao jogo em si e à semana, pouco há para falar. As semanas são muito calmas, sem notícias de relevo. Os jogos e os desafios continuam aquém das expectativas porque não passam de missões para atribuir características, perguntas sem grande interessante e de onde não poderão vir respostas por aí além. Acho que é aquilo que falha mais neste “Big Brother”: faltam provas dignas desse nome, competitivas, que entretenham o espectador e que provoquem emoção nele. Essas pseudo-provas que existem, pouco acrescentam e não passam nada de mais cá para fora.

Hoje, noite de nomeações, espero ver o Tino nomeado, esse tem mesmo de ser. Quanto aos outros, é-me indiferente porque quem eu quero que abandone a casa é mesmo o Tino, acho que não merece chegar à final. Mas, só não queria o Flávio nomeado porque corria um grande risco de expulsão, quanto aos outros acho que nenhum conseguiria maior percentagem de votos que o Tino.

Nomeações: Tino e Mafalda

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close