“Big Brother VIP” – Crónica VIP [9ª Edição]


"Big Brother VIP"

O espaço de opinião sobre o “Big Brother VIP”

Nuno Homem de Sá e manipulação são as chaves do programa na semana que passou. E tudo numa só gala. A semana Vip em análise por Margarida Costa, Sandra Rodrigues e o convidado Hugo Bento.

Margarida Costa

Vou começar pelo fim: eu sei que o Edmundo vinha de um grupo que foi eliminado semana após semana e que as pessoas não esquecem, mas também sei que a Cátia é das menos populares, é das que mais críticas recebe nas redes sociais, é das que as pessoas já estão cansadas. Não consigo acreditar que não houve um jeitinho naqueles gráficos. Se é que me entendem!

Eu adorei e estou adorando a entrada do Nuno. Queria-o até ao fim, mas parece que sairá depois das nomeações. É o que se diz por aí! Entrou para desestabilizar e conseguiu. Sempre o adorei em reality shows. É a revolução em pessoa. É a única pessoa (exceptuando a Gisela Serrano) capaz de pôr as princesas da Teresa Guilherme na ordem. Foi o dia mais épico deste BBVip.

Só eu é que achei toda aquela prova de resistência ridícula? Só durou duas horas? A sério? Mas tivera medo que a Cátia desistisse e, por isso mesmo, ficarem se a oportunidade de dar a imunidade à Fanny? Ri-dí-cu-lo!

Ainda dentro do assunto Fanny, achei de um baixo nível tremendo a Teresa Guilherme valorizar a atitude que a Fanny tive com o Tino, ridicularizando o calceteiro de Rãs em prol da princesinha. Pior ainda foi quando os juntaram no Confessionário e ambas insistiram em cortar a palavra dele, gozando e atacando de forma facciosa. Mas já é normal a Teresa esquecer-se da sua (suposta) imparcialidade. Principalmente se o assunto é Cátia e Fanny. Eu não gosto do Tino, mas ele portou-se tão bem com a Fanny: ignorar é mesmo o pior que se pode fazer. E ele fez.

Não percebo o Pedro, confesso. Não vou entrar pela história de que um homem traído é dupla ou triplamente desconfiado e tudo e tudo, mas achei de um exagero tremendo a reacção e discussão dele com a Kelly. Li alguns comentários a dizer que podia ser jogo. Eu já não digo nada, não sei. Mas foi tão exagerada e sem fundamento que sou quase levada a acreditar nisso. Quase! Mas o que me irrita mais na história é que ele permite que a Fanny se esfregue nele, lhe faça massagens, se sente no colo dele, tudo por uma linha e depois a Kelly, no meio de uma brincadeira, cai para cima do Francisco e é logo uma cena toda tola!

Top +

* Entrada do Nuno;

* Nomeação da Cátia e sua consequente azia;

* Flávio e Mafalda Capitães

Top –

* Entrega da imunidade à Fanny;

* Curta permanência do Nuno Homem de Sá;

* Cátia permanecer no jogo.

Nomeações: Cátia e Tino.

——————————————————————————–

Sandra Rodrigues

Manipulação ou não? É a grande questão. Tudo apontava para a expulsão de Cátia Palhinha mas, por uma curta diferença, foi Edmundo Vieira a abandonar o jogo. Obviamente que preferia a saída da primeira, mesmo não sendo o Edmundo dos meus favoritos. Mas, mais uma vez, o dedinho da Teresa Guilherme a mexer no jogo.

Falando da gala em si, não gostei particularmente da entrada do João Paulo Rodrigues e da Marisa Cruz. Foi uma grande confusão, e não são precisas aquelas palhaçadas para se fazer rir os portugueses. Sem grandes alaridos, Rita Salema e Silvia Rizzo conseguiram-no! Adorei vê-las gosto imenso delas por serem divertidas e era um máximo ter verdadeiros Vips como elas na casa. A entrada de Nuno Homem de Sá foi a cereja no cimo do bolo. Se lá ficasse, era certamente o meu favorito. Diz o que tem a dizer, não vai de modas e muito menos no “diz que disse”. Mal chegou, disse logo umas verdades à Cátia e tanto ela e a Fanny ficaram logo em sentido. Durante todo o dia de ontem, andavam elas com uma azia que ia daqui à Lua. Finalmente tinha entrado alguém que lhes tirava o protagonismo que nunca deveriam ter tido. Tenho pena que tenha sido apenas por um dia e que já tenha abandonado a casa.

No que toca à semana, para não variar, a Fanny irritou-me e muito. O Tino, outro que podia vir cá para fora, comentou que não gostava de ser amigo dela cá fora (quem gostaria, não é?), a menina ouviu e esteve o tempo todo a papaguear atrás dele. Que nervos!!! Espero que saia brevemente e, novamente, com uma percentagem histórica. Não há paciência.  E acreditar no telefonema do Cavaco Silva também diz tudo. Enfim, vergonha alheia.

Esta semana houve também a prova dos pódios, em que a Mafalda ganhou imunidade oferecida pelo Kapinha e a Fanny pela Cátia. Sinceramente, achei a imunidade um bónus muito grande, ainda para mais para oferecer. Claro que o objectivo é proteger uma das mais que tudo da Teresinha mas já enjoa tanta protecção. À excepção da Teresa e da família dela, ninguém mais a gosta de ver na casa. A prova em si foi insignificante, nada de mais. Preferia que apostassem noutro tipo de provas e fossem mais dinâmicos. Por exemplo, gostei imenso da das caixas em que claramente havia uma dificuldade e acho que aí sim, deviam ter ido até ao limite e o que mais aguentasse ficava imune. Isso sim era justo.

Ontem fiquei desiludida com o Francisco, a Sara e o Flávio. A Sara e o Francisco, sobretudo, que eram tão amigos da Kelly e do Pedro e agora andam com conversinhas, juntamente com o Flávio, com o intuito de nomeá-los. Gostava imenso da Sara e do Francisco, eram os meus favoritos e não gostei dessa atitude. Espero que se corrijam a tempo. Quanto ao casal, já acreditei mais que houvesse amor, agora estou um pouco na dúvida. Contudo, continuo a gostar de os ver e continuo a achar que são os que têm tido uma postura mais correcta na casa. Mas lembro-me que o Pedro no início andava colado ao Zézé e a alinhar nas brincadeiras com o Joka. Kelly continua a ser a minha favorita.

Top +

* Entrada de Nuno Homem de Sá

* Galas dinâmicas

* Kelly

Top –

* Saída do Edmundo em vez da Cátia

* Fanny imune

* Sara, Flávio e Francisco

Nomeações: Cátia e Tino

——————————————————————————–

Hugo Bento

Concorda com a expulsão do Edmundo? Manipulação, sim ou não?
Sabia-se que havia a forte possibilidade de a Cátia ficar, não tanto pelo argumento de manipulação, mas pelo facto de, apesar de ter a “imagem” desgastada, ainda ser gostada por muitas pessoas.

E o universo online (de blogs e fóruns) tem sempre algumas diferenças para o restante universo.
Quanto a preferências, por mim tinha saído mesmo a Cátia, mas o Edmundo estava igualmente apagado na casa. Ainda assim preferia ver fora o Kapinha ao Edmundo.

Acha que o Nuno Homem de Sá devia ficar como concorrente?
Frontal e indiferente ao que os outros possam pensar dele, o Nuno Homem de Sá sabe o que fazer para “picar” os concorrentes, desestabilizar a casa e criar polémica. E já o começou a fazer.

Ficar como concorrente? Porque não? Seria uma boa peça para “abanar” o jogo.
Agora tenho é pena da Rita Salema e da Sílvia Rizzo não terem ficado uns dias.

Já tem algum candidato à vitória?
Ao contrário de outros reality’s, não tenho ainda um favorito à vitória.
Há um grupo de concorrentes com quem simpatizo mais, mas o que acontece é que umas vezes gosto mais de uns e outras vezes de outros.

O que acrescentaria ao jogo para este ficar mais competitivo?
Em concreto não sei, mas mais coisas relacionadas com nomeações, com desafios para os concorrentes ganharam determinadas regalias, etc.
E gostava de ver uma semana todos no barracão e outras 2 com divisão de géneros (mulheres na casa e homens no barracão, e vice-versa).

Se pudesse nomear, quais os dois concorrentes que nomearia (entre casas):
Com a Fanny imune, gostava de ver nomeados o Tino e o Kapinha.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close