Canal Hollywood dedica especial “Fim de Ano com Brad Pitt”


Canal Hollywood

No mês em que Brad Pitt celebra 50 anos, o Canal Hollywood homenageia aquele que é considerado um dos maiores atores da atualidade, no especial “Fim de Ano com Brad Pitt”, com a exibição de três dos seus maiores sucessos: “Snatch – Porcos e Diamantes”, “Babel” e “Sete Anos no Tibete”, para ver dias 28, 29 e 30 de dezembro.

O filme de gangsters “Snatch – Porcos e Diamantes”, escrito e realizado por Guy Ritchie dá início a este especial no dia 28 de dezembro, às 22h25, proporcionando uma sessão de cinema dinâmica, empolgante e com humor contagiante, recheada de diálogos que usam o vernáculo de uma forma espetacular.

Benicio Del Toro, Dennis Farina, Brad Pitt, Jason Statham e Alan Ford, entre outros, dão vida a este filme que retrata a história de um golpe, ambientado no bairro judeu de Londres, envolvendo um negócio de diamantes que dá para o torto; o mundo violento do boxe de mãos nuas; um cigano muito colorido e um cão…

A globalização e a falta de comunicação entre as pessoas servem de temas principais para o filme “Babel” que o Canal Hollywood exibe dia 29 de dezembro, às 22h00, e que se desenvolve com quatro núcleos de histórias paralelas, em diferentes regiões do mundo, que estão ligadas por circunstâncias peculiares.

Brad Pitt e Cate Blanchett protagonizam este drama empolgante, que faz de diferentes histórias uma só e de uma só história, várias, a partir de um incidente trágico em Marrocos que envolve um casal americano.

Inspirado numa história real, “Sete Anos no Tibete”, o último filme deste especial, acompanha a aventura de Heinrich Harrer (Brad Pitt), o mais famoso alpinista austríaco, que, juntamente com o seu companheiro Peter Aufschnaiter, chegam até a Cidade Proibida do Tibete – Lhasa – depois de fugirem de um campo de prisioneiros de guerra na Índia, em 1943. Nessa fuga, que durou quase dois anos pelo interior da Ásia, ambos atravessaram todos os tipos de perigo, ao cabo dos quais foram acolhidos na cidade sagrada de Sua Santidade, o Dalai Lama.

Realizado pelo francês Jean-Jacques Annaud, o mesmo realizador de “O Nome da Rosa” e “O Amante”, “Sete anos no Tibete”, vencedor do Prémio da Paz de 1998 da Sociedade de Cinema Político, com estreia dia 30 de dezembro, às 21h30, é um filme espiritual que retrata o encontro máximo do protagonista com o jovem Dalai Lama, levando-o a despertar para a generosidade, um caminho duro, mas extremamente recompensador.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close