Com SIC líder no mês, TVI garante liderança à noite

"

A TVI emitiu um comunicado de audiências ao jeito do que a SIC já fez em diversos momentos ao longo dos últimos anos.

Com a estação de Paço de Arcos a chegar à liderança global mais de 12 anos depois, restou a Queluz de Baixo comunicar a liderança em horário nobre.

Esta solução foi a encetada pela própria SIC durante vários momentos nos últimos anos, nomeadamente quanto teve “Floribella”, “Dancin’ Days”, “Avenida Brasil”, “Gabriela”, “Amor à Vida” ou “Mar Salgado”. Nestes períodos o canal da Impresa liderava no horário nobre, mas nunca chegou à liderança no chamado all day.

Desde julho de 2006, altura em que transmitiu em exclusivo o Mundial de Futebol que a SIC não conseguia liderar. De lá para cá passaram 150 meses.

tvi

TVI

Líder durante esses 12 anos e meio, a TVI lembra, em comunicado, que se mantém líder nas noites:

Decorridos dois meses de 2019, a TVI reafirma-se como o canal líder, com 18,8% de share no total dia e 23,1% no Universo  prime time.

Também em fevereiro, a TVI mantém a liderança no prime time ao registar 23% no Universo. No principal target comercial, Adultos – também em prime time -, a TVI lidera, com um share de 23,5%, de acordo com os dados da GfK.

Os novos formatos da Informação da TVI continuam a ser destaque ao longo do mês de fevereiro. O novo programa de Ricardo Araújo Pereira, “Gente Que Não Sabe Estar”, alcançou uma audiência média de 1 milhão 326 mil espectadores e um share de 25,7%, liderando claramente durante o seu horário de exibição.

O “Jornal das 8” mantém a liderança com 1 milhão 27 mil espectadores e um share de 21.9%, contribuindo o jornalismo de investigação para estes resultados. “Ana Leal” atingiu uma audiência média de 1 milhão 186 mil indivíduos, a que correspondeu uma quota de mercado de 24.6%. Já “Alexandra Borges” obteve 1 milhão 134 mil espectadores e 23,4% de share. Destaque ainda para a rubrica “O Deus e o Diabo” apresentado por José Eduardo Moniz, que conquistou cerca de 980 mil espetadores.

No Entretenimento, a 4ª Edição do “Dança com as Estrelas”, que terminou no último fim-de-semana, tornou-se o conteúdo preferido das famílias nos serões de domingo, obtendo um valor de 1 milhão 166 mil de audiência média e 27,4% de share.

A ficção da TVI continua a ser a preferida dos Portugueses há 14 anos com a novela “Valor da Vida”, a  mais vista em Portugal, a registar ao longo deste mês, uma audiência média de 1 milhão 106 mil espectadores e um share de 24.1%. Também “A Teia”, lidera no seu horário de exibição perante o produto de ficção da concorrência, com uma audiência média de 789 mil espectadores e um share de 24.5%.

No Desporto, em fevereiro, a TVI trouxe às televisões portuguesas a transmissão exclusiva da “Liga dos Campeões”, que obteve um share líder de 42,1% com base numa audiência média de 2 milhões e 129 mil indivíduos. No target masculinos, o share subiu para 49,2%.

 

 

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close