Comissão Europeia quer estreia de filmes em simultâneo

Ir ao cinema e esperar que só depois os filmes estreiem em televisão pode ter os dias contados.

A Comissão Europeia pôs em marcha um projeto-piloto, financiado com 2 milhões de euros, para analisar os potênciais benefícios de estrear simultaneamente uma película no cinema, na televisão e na internet.

Com as receitas das bilheteiras à descer de ano para ano, aliado à crise económica e à pirataria, este será um projeto que pretende fazer com que a indústria cinematográfica repense no seu negócio.

Para já, a este projeto aliam-se 20 filmes independentes europeus, ficando Portugal de fora.

Ao Diário de Notícias, Mário Augusto mostra-se pouco expectante com esta medida afirmando «que o cinema será o mais lesado. Quem consegue ver um filme na televisão ao mesmo tempo que este saia no cinema dificilmente escolherá a sala de cinema. Acredito que um ou dois filmes independentes desses 20 tenha sucesso, mas creio que será uma exceção.»

No entanto, o jornalista considera ser muito importante «descobrir formas de voltar a seduzir o público para as salas de cinema e arranjar estratégias para adaptar-se às novas tecnologias.»

Este projeto entra em vigor muito em breve e promete gerar muitas discussões.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close