Conheça a história de “Bem-vindos a Beirais”, a nova série da RTP1 [com vídeo]


RTP1

“Bem-vindos a Beirais” estreia dia 13 na RTP1

A RTP estreia segunda-feira, dia 13 de maio “Bem-vindos a Beirais”, a nova aposta na ficção nacional. A produção substitui na antena do primeiro canal da estação pública “Sinais de Vida”.

Sob o lema «Quando não podes voltar a falhar, o sucesso é o único caminho possível», “Bem-vindos a Beirais” uma série 80 episódios, protagonizada por Oceana Basílio e Pepê Rapazote e vai ser exibida exibida de segunda a sexta, à noite.

Sinopse:
“Bem-vindos a Beirais” conta a história de Diogo Almada, um bem-sucedido gestor de contas numa empresa de telecomunicações que se vê a braços com problemas graves de stress e ansiedade, originados pela constante pressão em que vive. Numa tentativa de reaver a sua qualidade de vida, Diogo muda-se para o norte do país a fim de começar uma vida nova como agricultor.

Diogo sente-se cada vez mais insatisfeito com o ritmo alucinante da sua vida, que não lhe deixa tempo para fazer mais nada a não ser trabalhar. A situação agrava-se quando sofre um ataque cardíaco que o leva para o hospital. Aí, é-lhe feito o alerta para o risco que corre: se não abrandar o ritmo de trabalho poderá vir a ter problemas bem mais graves no futuro. No hospital, Diogo trava conhecimento com o proprietário de uma estufa de hortaliças e plantas aromáticas em Beirais, pequena aldeia do interior, e descobre que ele se quer desfazer destas. Decide então comprar a estufa, arriscando uma nova vida como agricultor. Diogo quer que a sua namorada, Teresa Sampaio, o acompanhe nesta iniciativa, mas esta recusa sair de Lisboa por causa da sua carreira como decoradora de interiores e porque não quer abdicar dos confortos da vida na cidade. Diogo segue em frente com os seus objetivos e muda-se para a pequena Beirais.

Na aldeia, Diogo vai deparar-se com um mundo que não tem nada a ver com o seu e que está cheio de pessoas muito originais. Desde os costumes à mentalidade, passando pela forma de vestir, tudo é novo e um desafio à sua capacidade de adaptação. Diogo esforça-se ao máximo para vencer esta batalha. Além disso, ele, que está habituado a planear tudo, vê-se perante inúmeras situações que fogem seu controlo. E no meio de tudo isto, enquanto se adapta à realidade beiralense, terá ainda que gerir a relação à distância com Teresa.

No início, Diogo vai fazer a maior parte das refeições na casa de turismo de habitação da aldeia, a Casa da Aldeia propriedade de três novas empresárias: Rita de Almeida Santiago, Susana Fontes e Clara Rodrigues. Também elas estão a iniciar uma nova vida, fugindo ao desemprego e à precariedade. O primeiro contacto entre Diogo e Clara será atribulado mas, com o tempo, nascerá uma história de amor.

“Bem-vindos a Beirais” traz-nos histórias com que o público facilmente se vai identificar, abordando de uma forma bem-humorada as diferenças entre o interior e as cidades maiores, não esquecendo, porém, as realidades mais duras e muito familiares aos portugueses, como seja o desemprego, a desertificação ou a solidão na terceira idade.

“Bem-vindos a Beirais” estreia a 13 de maio no horário nobre da RTP1.

Veja a promo:

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close