Conheça as personagens de “Destinos Cruzados” [com fotos]

João Pedro Soromenho

Ator: Martim Barbeiro

João é um rapaz reguila, alarve, que reside no bairro em Oeiras e vê em Moisés um exemplo a seguir. Passa a vida a atirar-se às miúdas mais velhas e a usar esquemas para ganhar dinheiro. Os pais são emigrantes na Suíça e vive com a avó. Para ter uma educação esmerada, estuda no mesmo colégio de Bernardo, de quem é o melhor amigo. Apenas Bernardo e Raimundo sabem das suas origens humildes, para que possa frequentar a casa dos Falcão, já que Teté acha que ele é filho de diplomatas. E, muitas vezes, mete os pés pelas mãos, já que é um rapaz sem grande traquejo social a passar-se por rico. Quando conhece Luana e se interessa por ela, verá a sua amizade com Bernardo ser posta à prova.

Bernardo Falcão Coentrinhos

Ator: Miguel Jesus

Bernardo é o filho mais novo de Raimundo e Teté, e possivelmente o mais adulto dos três. É um rapaz com ar sério, perspicaz, que topa tudo à primeira e passa a vida a mandar bocas sensatas, que os outros não conseguem captar. É inteligente, concentrado, dedicado a fazer puzzles gigantes e com muito orgulho nas origens do pai, para desespero de Teté. Tem uma relação de grande proximidade com Raimundo, pretendendo seguir as pegadas do pai. Tem um grande sentido de responsabilidade e justiça. Estuda num dos melhores colégios de Lisboa, onde tem como melhor amigo João Pedro, que é oriundo de famílias humildes do bairro. Mas fez um pacto com o amigo de não revelar as origens deste para que João Pedro possa frequentar a sua casa. A amizade dos dois será posta à prova, quando conhecerem Luana, a espevitada filha de Liliane Marise.

Vera Sampaio

Atriz: Alda Gomes

Vera, gerente da loja principal da «Diamantes», é uma mulher moderna, eficaz, muito profissional e a pessoa de confiança de Jaime. Tem um ar misterioso, sabe demasiadas coisas e, se traída ou desconsiderada, pode tornar-se uma pessoa perigosa.

Inácio Candeias

Inácio Candeias

Ator: Ruy de Carvalho

Inácio é um homem que vive no limiar entre a loucura e a lucidez. Ficou assim quando sofreu um trauma emocional ao perder o grande amor da sua vida, perda de que se considera responsável. Foi, então, como se o tempo tivesse parado para si naquele momento. Quando está lúcido, é um homem sábio, conhecedor da vida e do Ser Humano, e com um sentido de humor e responsabilidade apurados. Quando está nos momentos de delírios, julga ter trinta e poucos anos, envolvendo-se em situações de risco e vive obcecado em recuperar algo que perdeu, pois acredita que poderá fazer com que o seu grande amor regresse, caso encontre o que procure. Vive aos cuidados da filha, Sílvia, a quem deixa constantemente com o coração nas mãos, por causa da alternância dos seus estados de consciência. Tem uma relação tensa com Humberto e Sónia, que o tratam como um velho maluco, que deveria estar internado num lar. Com Fernanda, a neta do seu coração, tem grande cumplicidade e acompanha-a nas corridas, já que foi ele que lhe incutiu o gosto pela velocidade. Já teve uma vida muito boa e financeiramente desafogada, mas a dor de perder Maria Helena fê-lo desfazer-se de todos os seus bens por tuta e meia, deixando, na altura, a família numa situação periclitante, da qual nunca mais se recompôs.

Maria Helena Roquete (sem foto diaponível)

Atriz: Eunice Muñoz

Maria Helena é uma antiga atriz de teatro, que poderia ter sido uma estrela internacional, mas que se perdeu na carreira, por causa da vida boémia que sempre levou. Atualmente vive na rua, como sem-abrigo, dormindo por entre caixotes de papelão, dominada por uma intensa culpa em relação a certas atitudes que tomou durante a sua vida. Foi o grande amor da vida de Inácio, mas nunca o amou da mesma forma. Preferiu a carreira e partiu para o estrangeiro, deixando o grande amor dele para trás e fazendo com que ele enlouquecesse. Pernoita nas proximidades da bomba de gasolina onde Sílvia trabalha, da qual é amiga, mas a quem pouco pode contar da sua vida, por Sílvia ser filha de quem é. No entanto, a amiga nota nela uma pessoa com uma vasta cultura e com uma experiência de vida impar. É a primeira a perceber que existem duas sósias, tema que já havia representado em teatro, e também a descobrir a troca das duas, mas vê-se de pés e mãos atados, impedida de denunciar a troca, porque isso seria denunciar-se aos olhos de Inácio e as consequências dum reencontro entre os dois são imprevisíveis.

 

 

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
Páginas: 1 2 3 4 5 6 7

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close