Conheça a música de genérico de “O Beijo do Escorpião” [vídeo]


Com estreia marcada para este mês, a TVI já arrancou com as promoções de “O Beijo do Escorpião”, uma história escrita por António Barreira (“Destinos Cruzados”, “Fascínios” ou “Meu Amor”) e João Matos (“Mundo ao Contrário”).
Numa destas promoções, a estação anuncia a nova trama com o tema dos Mesa, ‘Cedo o Meu Lugar’.

Recorde-se que nas últimas novelas, a TVI divulgou as musicas de genéricos nas primeiras promos, foi o caso de “Belmonte” ou “Destinos Cruzados”.

“O Beijo do Escorpião” conta a história de Alice (Sara Matos) que quer ficar com a vida de Rita (Dalila Carmo). Rita, por seu turno, quer incluir Alice na sua vida familiar feliz, que construiu com o marido, Fernando (Pedro Lima).
Apesar das boas intenções, Rita não desconfia que a recém-encontrada irmã é um poço de maldade que só entrou na sua vida à procura de vingança e quer ocupar o seu lugar, destruindo tudo o que Rita construiu. Para o fazer, instala-se em sua casa, fazendo-se passar por um anjo.

Conheça a letra da música ‘Cedo o Meu Lugar’:

Eu não quero ser
Eu não quero pedir
Mas estou a perder
E não sei que fazer mais

O que eu era desapareceu
E quando falo parece, parece
Que não sou mais eu

Tento encontrar-me, desenrascar-me
Já faço a cama
Ando ocupada a tentar fugir de ti
Mas mais longe é mais perto
Mais difícil fazer o correto do que estar certo

Por isso…

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar

Para mim nunca foi um jogo
Foi apenas um retrato
Onde ficávamos bem os dois
Onde as dúvidas são p’ra depois
Gosto mesmo de ti
Mas tu nunca estás…
Nunca estás aqui

Por isso…

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar

( É que eu gosto mesmo de ti
Eu gosto mesmo de ti )

Tento encontrar-me, desenrascar-me
Mas quanto mais longe mais perto de ti
O que eu era desapareceu
A culpa percebe eu não sou mais eu

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar… (A culpa percebe eu não sou mais eu)
Cedo o meu lugar…

Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que decore os teus planos e que não se esqueça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que te dê tudo e que nem pareça
Cedo o meu lugar a quem te mereça
Que fique do teu lado e que não esmoreça
Cedo o meu lugar…
Mas a seguir peço para voltar

Cedo o meu lugar…

( É que eu gosto mesmo de ti
Eu gosto mesmo de ti )

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close