Conheça os concorrentes da edição 2014 do “Chefs’ Academy”

Chefs' Academy1

As 50 pessoas mais motivadas chegaram a um casting final do “Chefs’ Academy” da RTP1, onde enfrentam, pela primeira vez, o corpo docente.

Para pertencerem ao grupo de 12 alunos, cada um dos candidatos escreveu uma carta de motivação onde demonstrou toda a vontade que tem para entrar na escola e faz ainda 4 cortes de legumes previamente ensinados pelo Chefe Cordeiro.

No primeiro episódio o corpo docente  escolheu os 12 magníficos, aqueles que demonstraram mais paixão pela cozinha, mais motivação e mais alma.

Após entrarem na “Chefs’ Academy”, os 12 alunos escolhidos foram apresentados por Catarina Furtado, que viajou até à terra natal de cada um para perceber quem são realmente.

Conheça os concorrentes da edição 2014 do “Chefs’ Academy”:

Carina Andrade

38 anos
Marinha Grande
Lojista

«Quero aprender o máximo que puder para abrir um restaurante de comida sem glúten»

Há 2 anos descobriu que era celíaca e teve de mudar radicalmente a sua alimentação. Teve de esquecer as massas, os bolos e as pizzas que tanto lhe abriam o apetite e procurar novas alternativas. Foi então que nasceu a paixão pela cozinha: é ela que faz o seu pão e massa com farinha sem glúten. Quer entrar na escola para mostrar que os celíacos também podem ter uma alimentação equilibrada e variada. Vive com a sua grande paixão, a sua cadela Valentina, de quem vai ter muitas saudades.

Célia Santos

40 anos
Faro
Assistente Administrativa

«Isto é o terramoto de que eu precisava na minha vida»

A Cátia adora cozinhar: o problema é que as coisas nunca saem como quer. Sonha ter um restaurante, mas não um qualquer. Tem de ser marcante e fazer as pessoas quererem voltar. Vê a “Chefs’ Academy” como a oportunidade para seguir o seu grande sonho e de uma coisa tem a certeza: a sua vida não vai voltar a ser a mesma. Vive com os 3 filhos e o cão. Quer aprender para que nas próxima vezes em que arriscar na cozinha, os filhos comam tudo até ao fim.

Diogo Almeida

24 anos
Vagos
Estudante de Comunicação Empresarial

«Sou muito determinado e ambicioso, para mim não há segundos lugares, quando entro num desafio é para vencer»

É o que na gíria se chama de “crânio”. Para o Diogo é mais fácil tirar um 20 do que fazer peixe assado no forno ou grelhar um bife. Isso sim, é a sua pedra no sapato. Antes de seguir Comunicação Empresarial, pensou tirar um curso de cozinha, mas era caro e não tinha o 12º. Agora, vê na licenciatura uma vantagem: “é uma mais-valia para gerir uma cozinha”. A mãe tem sido a sua mentora nas ciências culinárias, mas quer entrar na “Chefs’ Academy” para aprender e ser o melhor, como está habituado.

 Duarte Peão

23 anos
Esposende
Estudante de Contabilidade e Gestão

«Quero ser um chefe TOP!»

Cresceu na praia, e é lá que quer abrir o seu próprio restaurante. Se puder ser ele a pescar o peixe para depois cozinhar, melhor ainda. Adora juntar os amigos em redor de uma grande mesa, e quer que os seus pratos transmitam aos outros a paixão que tem pela cozinha. Quer trocar a prancha de bodyboard pela jaleca, e aprender o máximo que puder na escola. Mas deixa o aviso: é muito competitivo e não gosta de perder.

 Flávio Marques

29 anos
Caldas da Rainha
Pós-Graduação em História Contemporânea

«É na cozinha que me sinto feliz, que ultrapasso os meus medos, é a minha terapia»

Durante os 5 anos da licenciatura nunca teve um fim-de-semana livre: teve sempre de trabalhar para conseguir pagar os estudos. Mas apesar de estar a terminar a pós-graduação em História, é na cozinha que se sente bem. No secundário, ainda se inscreveu numa Escola de Hotelaria mas não teve dinheiro para continuar. Esta é a sua oportunidade se dedicar a uma das suas grandes paixões. A outra é o Fado. No futuro, ambiciona abrir uma Casa de Fados onde poderá cantar e cozinhar.

 João Martins

 21 anos
Parchal, Faro
Estudante de Arquitetura

«O meu sonho é desenhar um hostel que tenha uma zona de petiscos feitos por mim»

É a alegria de qualquer sala de aula: sorridente, expressivo e muito comunicativo. Além da faculdade, dedica-se ao teatro, à dança, ao desenho… é um artista! Adora a cozinha porque lhe recorda os bons momentos que passa com a sua grande família à volta da mesa. Os seus melhores amigos na cozinha são os molhos que compra no supermercado: “como o arroz e o esparguete nunca têm sabor, junto ketchup e já disfarça.” Concorreu à “Chefs’ Academy” 2014 porque quer substituir a avó no papel de cozinheira.

 Júlia Matias

64 anos
Leiria
Costureira (reformada)

 “Quero desafiar-me e nada melhor do que seguir a minha paixão pela cozinha.”

Sempre foi muito moderna para o seu tempo: há 30 anos adotou duas crianças – decisão da qual mais se orgulha na vida – aos 59 anos começou a tirar a 4ª classe e há pouco tempo arranjou um namorado. Atualmente já tem o 9º ano e recusa-se a ficar parada. Chegou a altura de seguir mais um sonho: quer aprender novas técnicas e deixar a cozinha caseira. Dona de uma grande força de viver, quer aproveita ao máximo o tempo que lhe resta.

 Luís Pereira

26 anos
Casal de Cambra
Empregado de Mesa

«Sou um bom empregado de mesa, mas quero ser mais do que isso!»

Teve de desistir da escola para começar a trabalhar. É empregado de mesa e leva o seu trabalho muito a sério. Agora, chegou a hora de voltar às aulas para seguir o seu grande sonho: ser Chefe de Cozinha. Por enquanto, a sua maior habilidade culinária é descascar batatas, mas quer muito aprender, e promete ser um aluno empenhado e ambicioso. Está disposto a fazer os sacrifícios que forem precisos para vir a ser um grande cozinheiro.

Miriam Couto

25 anos
Santa Maria de Lamas
Empregada de Mesa

«Quero muito dedicar-me à cozinha e, no futuro, ter um restaurante de alimentação saudável»

Decidiu seguir Psicologia por influência dos pais, mas depressa percebeu que aquele não era o seu caminho e começou a trabalhar como empregada de mesa no restaurante dos pais. Só descobriu o prazer de cozinhar há um ano e como se costuma dizer «em casa de ferreiro, espeto de pau»: apesar de a mãe ser cozinheira, só sabe o básico. Decidiu mudar de hábitos alimentar e perdeu 20 kg sozinha, decisão da qual se orgulha muito.

 Mónica Pereira

33 anos
Parede
Advogada

«Quero acreditar que posso continuar a sonhar e a mudar a minha sorte. Quero trabalhar na minha grande paixão»

Com uma carreira de sucesso na área da advocacia, a vida da Mónica mudou totalmente com o nascimento do segundo filho que nasceu com uma doença raríssima. Tudo o que tem vivido com o filho levou-a a perceber que a vida é curta e que todas as oportunidades têm de ser bem agarradas. Recuperou o sonho de criança de se dedicar à cozinha e concorreu à “Chefs’ Academy” para provar a todas as mães na sua condição que se devem dedicar também aos seus sonhos.

 Paulo Osório

36
Alcochete
Empresário

«Vou ser o melhor aluno da escola»

É um homem de família: cada vez que fala dos filhos o seu olhar brilha. A cozinha é o seu escape, e um dos seus locais de eleição para passar tempo com a família. Uma das suas brincadeiras preferidas é cozinhar para os filhos, que aí se tornam exigentes jurados das suas iguarias. Fora de casa, o pai babado transforma-se num empresário exigente: lida bem com a pressão do trabalho e é muito competitivo.

Svetlana Manta

42 anos
Setúbal
Desempregada

«Estou farta de estar dependente do meu marido por causa da comida. Quero ter duas estrelas Michelin já para o ano»

Veio para Portugal há 12 anos à procura de um futuro melhor. É licenciada em Engenharia Física, mas já trabalhou numa cozinha a lavar a louça e foi secretária durante 6 anos. Nunca cruza os braços: tirou um curso de Contabilidade Avançada e está a tirar um de Inglês e outro de Turismo. Mas o que ela precisa mesmo é de um curso de cozinha. Só sabe fazer omeletes – apesar de o marido dizer que nem isso – e nem batatas a deixar descascar. É ambiciosa e quer entrar na escola para que o filho não tenha de comer salada de atum a semana inteira.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close