Dacar recebe “Portugueses pelo Mundo”

Portugueses pelo Mundo: Dacar

Esta noite, a RTP1 viaja até até Dacar, a capital do Senegal. Esta é uma cidade cujo nome é muito familiar aos amantes de desportos motorizados.

“Bem-vindos a Dacar!”

Cândida Silva, 32 Anos, Voluntária das Nações Unidas, natural de Macedo de Cavaleiros. Conhecemos a Cândida num mercado do centro da cidade onde se vende um pouco de tudo e ficamos a conhecer as razões que a levaram ao Senegal. Acompanhamo-la até um alfaiate onde a nossa convidada faz parte da sua roupa. Apanhamos o transporte mais concorrido de Dakar, o car rapid, uma colorida carrinha que faz inúmeros percursos pela cidade e que nos leva até ao mercado do peixe, onde a Cândida treina a suas capacidades de regateio. Já no fim do dia, bebemos o copo num terraço com vista para a Corniche e descemos depois à praia para assistir à atuação de um grupo de batucada.

Luís Norton de Matos, 58 Anos, Treinador de Futebol, natural de Cascais. No Estádio Leopold Sedar Senghor encontramos o Luís a treinar a sua equipa. No bairro Bopp, vamos com o Luís almoçar em casa do presidente do clube, que nos mostra, orgulhosamente, algumas recordações de jogos com equipas de futebol portuguesas. Antes do almoço típico, ainda temos tempo de conhecer a extensa família do nosso anfitrião. Depois de comer, seguimos até outro bairro que tem um grande significado para o Luís, já que foi aí que recrutou o seu melhor jogador. Despedimo-nos do Luís num dos seus locais favoritos com o mar como pano de fundo.

José Horta, 57 Anos, Professor Universitário, natural de Carcavelos. Interrompemos uma aula do José para o cumprimentarmos e acompanhamos o nosso convidado numa visita à Universidade que acaba no restaurante da Faculdade de Ciências, local frequentado principalmente por professores e estudantes estrangeiros. Numa ponte que nos liga a Fadiouth, conversamos com Adji, uma antiga aluna do José. Já na ilha, subimos a bordo de uma piroga que nos leva até ao cemitério local, onde vemos muitos baobad, uma árvore característica do país. Ainda na ilha, aproveitamos para visitar a família da empregada do nosso convidado, que cumpre assim uma importante regra de cortesia local. Na Corniche, ao fim do dia, observamos muitos jovens a fazer exercício e, antes de nos despedirmos do José, ainda o acompanhamos num jantar entre amigos.

José Mendes, 58 anos, Diretor da Dakarnave, natural de Lisboa. É nos estaleiros onde trabalha que conhecemos o José. Apanhamos o ferry até à ilha de Gorée, disfrutando de Dacar visto de uma perspetiva diferente. Já na ilha, visitamos alguns vestígios da passagem portuguesa no país e conversamos um pouco sobre a cultura religiosa do Senegal. Entre as dunas, dentro de um camião todo-o-terreno fazemos parte do percurso do rali Dacar e dirigimo-nos a Lac Rose, local importante de extração de sal. Despedimo-nos do José no Lagon, um dos seus restaurantes favoritos.

“Portugueses pelo Mundo” para  ver às 22H15.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close