Depois da demissão de Rita Carrêlo, TVI procura substituto no mercado


TVI

Rita Carrêlo, na foto, com Cunha Velho

Rita Carrêlo, subdiretora de programas, com a responsabilidade de toda a produção nacional da TVI, foi convidada a rescindir contrato que mantinha com a empresa há largos anos.

A rescisão do vínculo terá sido de mútuo acordo e está integrada na política de redução de custos da empresa pertencente ao grupo Media Capital. Há, no entanto, outras fontes da estação garantiram ao Correio da Manhã que a dispensa se deve a outras razões, nomeadamente a problemas ocorridos durante a gala de aniversário da TVI, que teve intervenção do seu departamento. Rita Carrêlo trabalhava com Bruno Santos, diretor de produção do canal.

Já Luís Cunha Velho, diretor-geral da TVI, recusou comentar o sucedido, mas à publicação da Cofina referiu que «a empresa está em processo de contenção de custos».

Rita Carrêlo era a número 2 de Gabriela Sobral enquanto esta foi diretora de produção nacional da TVI. Com a saída desta, Rita Carrêlo assumiu as funções de diretora de produção.

O Zapping sabe que pelo menos três profissionais da área já foram contactados para substituir Rita Carrêlo e recusaram o convite. Enquanto não for encontrada uma solução definitiva, Bruno Santos assume a pasta deixada vaga pela profissional em estreita ligação com Luís Esparteiro, recém-empossado diretor da Plural.

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close