“Destinos Cruzados”: Rita Pereira dispensa duplos em cenas arriscadas

Tagged: , , , , , , , , , ,

Rita Pereira prepara-se para chegar aos ecrãs da TVI na pele de Nanda, uma mecânica, adepta de corridas ilegais, em “Destinos Cruzados”. A atriz mostra-se satisfeita com o desafio que lhe foi proposto na nova novela da TVI e garante que faz questão de gravar até as cenas mais arriscadas.

Ao Correio da Manhã, Rita Pereira conta que a Fernanda « É uma mulher do bairro que fala um português incorreto. Comparada com a Helena [de “Remédio Santo”], que foi o último trabalho que fiz, que andava sempre de saia, tinha uma postura muito direita e era muito feminina, a Fernanda é o oposto. É mais desleixada…».

A atriz faz parte do núcleo cómico e embora confesse que «não foi fácil vestir a pele de Fernanda», por outro lado, está «a gostar muito de fazer parte de um núcleo cómico. As pessoas não imaginam o que é estar onze meses a gravar aos gritos, a matar pessoas e a fazer mal a toda a gente… É um desgaste físico e mental muito forte. Apesar de ser uma mulher furacão, as cenas da Fernanda são muito mais leves e é tudo mais divertido do que no meu último projeto», conta.

Com cenas arriscadas pelo meio, um dos prazeres desta Fernanda de Rita Pereira são as corridas ilegais. «Temos duplos apenas quando nos obrigam. As cenas todas do primeiro episódio fomos nós, eu e o Rodrigo [Menezes], que fizemos, com muito prazer e com muito orgulho», confessa ao jornal do grupo Cofina.

“Destinos Cruzados” estreia segunda-feira à noite, na TVI.