Diogo Infante: «Menos episódio de “Mundo ao Contrário” até pode tornar a acção mais interessante»


TVI

TVI decidiu encurtar “Mundo ao Contrário”

Encomendada com 180 episódios, a TVI decidiu reduzir “Mundo ao Contrário” a 130 episódios. Os resultados não terão agradado os responsáveis do canal e esta foi a opção mais viável.

Diogo Infante que regressou às novelas, depois de há 15 anos ter participado em “Os Lobos”, mostra-se surpreendido com este desfecho, mas vê um lado positivo nesta estratégia: «A escrita é uma mais valia neste projeto. Menos episódio até pode tornar a acção mais interessante», conta o ator à revista Telenovelas, afirmando que «o entusiasmo não esmoreceu.»

A mesma opinião tem Miguel Guilherme: «Talvez a história se torne ainda mais fluida. Pode até ser positivo, e espero que os guionistas façam um bom trabalho. Não encaro isto como uma despromoção ou fracasso, tem a ver com estratégia de comunicação.»

Sobre a decisão da TVI em encurtar a história de João Matos, o Pedro de “Mundo ao Contrário” sente que «a novela não teve a oportunidade que merecia. Tenho pena que não se tenha mantido no horário das 22H30 para agarrar o público, mas é uma estratégia do canal que me cabe respeitar.»

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close