"

Discovery estreia “A Última Expedição ao Polo Norte”

O aquecimento global ameaça com o degelo no ártico… Será que estamos no tempo das últimas expedições ao Polo Norte?

O Discovery Channel oferece todas as terças-feiras a partir do dia 26 de abril às 21h um especial que mostra a aventura de Eric Larsen e Ryan Waters num dos lugares mais inalcançáveis do planeta.

O objetivo? Superar o atual recorde de 49 dias para percorrer quase 800 quilómetros a pé sem ajuda externa.

Enquanto alguns dos cientistas mais brilhantes do mundo concentram esforços na exploração de Marte, a uma distância de 225 milhões de quilómetros da Terra, ou da Lua jupiteriana Europa, a uns 500 milhões de quilómetros, o planeta que habitamos ainda tem fronteiras dificilmente alcançáveis, como as profundezas marinas do Polo Norte.

Este último desafio capturou a imaginação dos exploradores por mais de 100 anos, mas ao longo deste tempo, menos de 50 pessoas conseguiram fazer a grande e perigosa viagem sem apoio ou ajuda.

No entanto, tal como mostra o especial do Discovery Channel “A Última Expedição ao Polo Norte”, emitida às terças-feiras a partir do dia 26 de abril às 21h, esta épica aventura pelo ártico tem os dias contados devido ao aquecimento global, que desencadeou o degelo dos polos e ameaça a existência de caminhos até ao Norte. Segundo alguns cientistas, esta região poderá converter-se num oceano aberto nas próximas décadas.

O desafio dos aventureiros Eric Larsen, um dos exploradores polares mais conhecidos no mundo e Ryan Waters, um alpinista veterano, é tentar alcançar, sem ajuda externa, o Polo Norte, com um mérito especial: o derretimento do gelo ártico faz que a viagem seja traiçoeira e perigosa, que ameaça em fechar para sempre a marcha de uma expedição similar no futuro.

Se conseguirem terminar esta aventura, quem sabe se não serão os últimos integrantes da lista de heróis a alcançarem o Polo através do gelo.

«O gelo marinho do Ártico está a desaparecer e as expedições ao Polo Norte podem não ser possíveis num futuro próximo», explica Larsen. «Esta aventura é a nossa tentativa de contar a história de um dos grandes desertos congelados que existe no planeta antes que desapareça para sempre», conclui.

Partindo da Ilha canadiana de Ellesmere, perto da Gronelândia, a dupla vai tentar superar o atual recorde de 49 dias para uma viagem de quase 800 quilómetros a pé, sem ajuda externa: não vão receber mantimentos por via aérea, não vão dispor de cães e terão de conseguir sobreviver com skis e raquetes de neve, suportando sozinhos com o peso de tudo o que precisam para sobreviver quase dois meses no gelo.

Tudo sem perder de vista os esfomeados ursos polares e as finas camadas de gelo que, se pisadas, abrem um lago de águas gélidas.

“A Última Expedição ao Polo Norte” estreia no dia 26 de abril às 21 horas.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close