Duelos marcam a próxima fase do “Rising Star”. Conheça a mecânica


O “Rising Star” vai mudar de fase e vai deixar já esta etapa de castings em direto. A partir desta semana não entra mais nenhum concorrente novo.

Este domingo fica marcado pelo último grupo de novos aspirantes a cantores. As edições seguintes do talent show serão todas de eliminação até se encontrar o vencedor.

A fase de duelos vai pairar sobre o formato e Bruno Santos, diretor de programas da TVI explicou a mecânica à Notícias TV.

«Mecanicamente temos um concorrente que canta com o ecrã levantado e que atinge uma percentagem, o que vem a seguir canta com o ecrã em baixo e se essa pessoa conseguir ultrapassar essa percentagem o ecrã sobe e fica apurado», começou por explicar o responsável, em retrospetiva.

Bruno Santos acrescentou ainda que agora «os que não passarem terão ainda uma oportunidade de seguir em frente aos serem avaliados pelos jurados que lhes vão dar pontos. Os dois mais votados fazem um duelo final e passa apenas um».

Desta forma o “Rising Star” ganha uma componente de confronto, tal como o “The Voice Portugal” onde em cada grupo de dois só um segue em frente.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close