"

E se acontecer uma grande catástrofe natural em Portugal? Estamos Preparados? O “Linha da Frente” responde


linha da frente

“Linha da Frente”

E se acontecer uma grande catástrofe natural em Portugal? Será que estamos preparados? O “Linha da Frente” desta semana responde a estas questões.

Amanhã às 21h00 a RTP1 exibe a reportagem “Sem Hora Marcada” no “Linha da Frente”.

As cheias na Madeira, o sismo nos Açores em 1980, os incêndios do ano passado ou a queda do avião da TAP em 1977 foram tragédias que marcaram  o país.

A pista de aterragem no Funchal foi aumentada já por duas vezes, as ribeiras reforçadas e até 15 de março o governo quer a floresta limpa. As medidas depois das tragédias deixam-nos a salvo?

Os especialistas garantem que vai voltar a acontecer um grande sismo em Lisboa e a proteção civil diz que temos que estar preparados para sobreviver durante 72 horas sem ajuda.

É possível aprender a enfrentar uma tragédia? O pânico pode ser dominado? O que devemos fazer se o inesperado acontecer? Um terramoto, um incêndio, cheias ou um acidente… Há estratégias para minimizar os danos e o Linha da Frente revela quais são: um kit de emergência e um curso de sobrevivência.

“Sem dia Nem hora”, um trabalho de Patrícia Lucas, com imagem de Marques de Almeida e edição de Sara Cravina, para ver quinta-feira, às 21h00, na RTP1.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close