[Edição 42] “Avaliação Contínua”, rubrica do Zapping


Chega agora mais uma edição da Avaliação Contínua, a rubrica do Zapping que avalia os principais temas da atualidade televisiva portuguesa, sem meias palavras. Fiquem a conhecer os quatro temas desta semana e as médias que obtiveram.

-TVI aposta em remake de “Jardins Proibídos”: reprovado com 7.7 valores
-“Praça da Alegria” chega este ano ao fim: reprovado com 8.7 valores
-Júlia Pinheiro acompanha João Baião no “Sabadabadão”: reprovado com 9 valores
-Cuca Roseta junta-se aos três jurados do “Rising Star”: aprovado com 11.7 valores

Três dos quatro temas foram reprovados pelos nossos membros. Têm a mesma opinião?

Passemos a todos os comentários e pontuações aos temas desta semana.

Leandro

-TVI aposta em remake de “Jardins Proibídos”
Nota: 10/20
Não acho que um remake a esta altura seja a melhor aposta, até porque a novela tem uma história básica, é relativamente recente e o seu autor está parado desde 2008, onde o seu último trabalho foi ‘Podia Acabar o Mundo’. No entanto, ainda pouco se sabe sobre possíveis alterações da história ou nomes escalados para o elenco e, por isso, vou dar o benefício da dúvida.

-“Praça da Alegria” chega este ano ao fim
Nota: 11/20
Pois é, a ‘Praça da Alegria’ vai chegar ao fim e fechar um ciclo de quase vinte anos instalado nas manhãs da RTP. Acho que está na hora de renovar e apostar em algo novo, visto que o programa ficava quase sempre em terceiro lugar nas audiências e perdeu grande parte da sua essência quando foi transferido para Lisboa. Vamos ver o que vem aí…

-Júlia Pinheiro acompanha João Baião no “Sabadabadão”
Nota: 10/20
Não sei se a Júlia Pinheiro é o nome indicado para acompanhar o Baião no novo programa das noites de Sábado da SIC; na realidade, acho que nem deveria existir nome nenhum, o Baião poderia perfeitamente apresentar o programa sozinho. Já que decidiram assim, espero que consigam formar uma boa dupla, com um bom entrosamento entre si, e que isso resulte num bom programa.

-Cuca Roseta junta-se aos três jurados do “Rising Star”
Nota: 12/20
Não sei muito sobre a Cuca Roseta, admito, porque não sou muito ligado ao fado, mas acho importante que exista um jurado ligado a essa vertente musical, que está tão associada ao nosso país e à nossa cultura. Acho que, no geral, conseguiram formar um bom júri e espero que façam um bom trabalho.

José

-TVI aposta em remake de “Jardins Proibídos”
Nota: 03/20
Acho cedo, muito cedo para isto acontece. A TVI podia pegar no remake de uma novela sul-americana e adapta-la aos nossos dias. A TV Record pegou na Escrava Isaura que era da Globo e fez muito bem. Para a TVI, é cedo demais para achar que já pode começar com remakes.

-“Praça da Alegria” chega este ano ao fim
Nota: 02/20
Só vem provar o quão errado foi tirar esta produção do norte. Não foi só a saída do João Baião que levou ao fim, isso foi só o pretexto. A RTP acabou com este programa quando o tirou do Porto, da sua origem e isso é triste e chegou agora o resultado.

-Júlia Pinheiro acompanha João Baião no “Sabadabadão”
Nota: 10/20
Pois não considero que seja a melhor coisa do mundo, não coloco as mãos no fogo, mas espero para ver o que sai dai. Vai penar muito, mas acho que o João Baião daria a longo tempo conta do recado.

-Cuca Roseta junta-se aos três jurados do “Rising Star”
Nota: 8/20
Não acho que seja um grande nome, mas eu até gosto da Cuca… Sabiam que foi ela que deu voz ao anúncio do Pingo Doce? Eu penso que ela não terá muito para acrescentar e que o programa irá é ajuda-la a promover a sua carreira.


Samuel

-TVI aposta em remake de “Jardins Proibídos”
Nota: 10/20
10 pontos, porque ainda não sei bem o que pensar e porque acho um pouco cedo para um remake de uma série que foi exibida há sensivelmente 13 anos. O facto de ser o Manuel Arouca a aposta da TVI é bom, visto que foi ele quem escreveu a original, mas não sei até que ponto é que o mesmo está preparado para o mercado atual da ficção em Portugal.

-“Praça da Alegria” chega este ano ao fim
Nota: 13/20
Foram vinte anos de altos e baixos, mas concordo com o final do programa. O mesmo está pior do que antes da remodelação que sofreu. Os resultados também não se têm revelado os melhores.

-Júlia Pinheiro acompanha João Baião no “Sabadabadão”
Nota: 7/20
Não gosto. Preferia uma estreia a solo do João Baião num novo programa. Gosto da Júlia e até posso ter achado boa ideia ao início, mas quanto mais leio, mais me parece que ele daria conta do recado sozinho, como já deu na SIC.

-Cuca Roseta junta-se aos três jurados do “Rising Star”
Nota: 15/20
Pensava que seria apenas mais um nome, mas depois de ver a apresentação, dei-me conta que ela parece mais do que uma cara bonita. Mas só depois da estreia é que podemos tirar conclusões mais precisas.

Não hesitem em comentar as pontuações e comentários. Até mais uma edição da Avaliação Contínua!

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

  • Fabien Silvano

    Acho que o Moniz quer despistar a imprensa com a notícia do remake, custa-me a acreditar que um senhor que percebe tão bem de ficção vá apostar numa adaptação de uma novela tão recente. Eu acho que ele está a preparar uma grande surpresa para os telespectadores, mas a ver vamos.

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close