[Edição 6] “Avaliação Contínua”, rubrica do Zapping

O ‘Avaliação Contínua’ está de regresso… e com algumas mudanças. A partir de agora, a rubrica será composta por de três elementos fixos e um convidado que varia todas as semanas. O ‘Avaliação Contínua’ passa assim a semanal.

Os temas desta semana:

Escolha de “OK KO” para o horário nobre da TVI: REPROVADO com 9,3 valores.
Segunda temporada para “Bem-vindos a Beirais”: APROVADO com 10,5 valores.
“Cante Se Puder” para os domingos da SIC: APROVADO com 13 valores.
“Dança com as Estrelas” para os domingos da TVI: APROVADO com 14,8 valores.

José Raposo

-Escolha de “OK KO” para o horário nobre da TVI
Nota: 6/20
“OK KO” foi uma aposta arriscada na TVI, primeiro porque houve logo comparações com o “Salve-se Quem Puder”, e depois porque essas comparações comprovaram-se por ser uma dupla de apresentadores, pela mecânica ser a mesma, pelos fatos dos concorrentes serem muito parecidos e pelo estúdio até ser construído como o de “Salve-se Quem Puder”. Ao fim de uma semana os resultados de “OK KO” foram baixando. A TVI parece não ter dinheiro para novelas e por isso aposta em programas simples e este é apenas mais um dos que existe atualmente. No final de contas será uma aposta negativa.

-Segunda temporada para “Bem-vindos a Beirais”
Nota: 8/20
Hugo Andrade já mostrou que quer mudar a fase da RTP1 (sendo para o bem ou para o mal) e esta ideia de colocar novelas disfarçadas de séries em horário nobre parece-me muito bem. Contudo é o horário muito competitivo atualmente e a RTP1 entrou tarde para essa guerra. “Sinais de Vida” era melhor que “Bem-Vindo a Beirais”. Mas esta é mais light e bom para uma noite de Verão. Penso que a aposta numa segunda temporada não devia acontecer.

-“Cante Se Puder” para os domingos da SIC
Nota: 16/20
Do que vejo através da publicidade acho que acertaram na dupla de apresentadores. O humor do César e o facto da Andreia adorar os bichos todos e andar a atirar água para cima dos concorrentes, como a publicidade mostra é sem dúvida uma mais valia. Será verdade que a concorrência pode, repito, pode ser mais fraca, mas se a SIC não colocar este programa no cimo da tabela dos mais vistos é mesmo por culpa da qualidade da concorrência.

-“Dança com as Estrelas” para os domingos da TVI
Nota: 16/20
O ponto mais positivo deste programa é ver a Cristina Ferreira sozinha, vamos ver como se safa. A TVI vai apostar no “Dança Comigo”, da RTP1, mudando, parece-me, o que a RTP1 transformou numa gala de vestidos da Catarina Furtado, para um programa jovem, alegre e com pouca dança clássica (acho que irão apostar mais em hip hop, rap e assim). Aqui pode ser o ponto positivo. É um programa para líderar. Vamos ver se a concorrência deixa.

Sandra Rodrigues

-Escolha de “OK KO” para o horário nobre da TVI
Nota: 13/20
O formato não é propriamente original na televisão portuguesa, uma vez que é muito semelhante ao “Salve-se Quem Puder” que passou na SIC, mas acho que é uma boa alternativa a telenovelas. Marca a estreia em televisão de Vera Fernandes e acho que se saiu muito bem! Tomara que todas as estreantes fossem assim tão boas. Quanto ao João Paulo, gosto dele mas acho que exagera um pouco ao falar com a modelo que anuncia as rondas.

-Segunda temporada para “Bem-vindos a Beirais”
Nota: 14/20
Tem sido difícil para a RTP conseguir bons resultados com os seus produtos mas o “Bem-vindos a Beirais” é, sem dúvida, uma aposta ganha. A primeira correu bem e acho que foi uma opção correta apostar na segunda.

-“Cante Se Puder” para os domingos da SIC
Nota: 15/20
É um programa irreverente e diferente e é sempre de louvar quando uma estação aposta nisso. Acho que peca por não ser em directo, percebo que não seria exequível fazê-lo mas, a meu ver, tira um pouco a emoção ao programa. Alguns desafios fazem lembrar o “Fear Factor” e fazem-me um pouco impressão, não consigo ver. Quando aos apresentadores, gosto mais de ver a dupla Andreia/César aqui do que no “Gosto Disto”. Acho que estão com boa quimica.

-“Dança com as Estrelas” para os domingos da TVI
Nota: 16/20
Pessoalmente gosto de dança e era uma grande fã do “Dança Comigo”. Acho que o formato é semelhante mas que tem muitas diferenças. Adoro o lote de concorrentes, são figuras queridas do público e é difícil ter um só favorito. A escolha das músicas, apesar de eu as adorar, acho que nem sempre têm a ver com o estilo escolhido. Em relação à concorrência, acho que está um passo à frente por ser em direto e isso, claro, dá outra dinâmica.

Leandro

-Escolha de “OK KO” para o horário nobre da TVI
Nota: 10/20
Apesar de ser um espectador assíduo do “Salve-se Quem Puder” da mesma produtora, não gostei muito do programa em si. Acho que é daqueles que cansa rapidamente, pois apesar de haver desafios diferentes, o mecanismo é sempre o mesmo com a luva a empurrar os concorrentes para a água. Por outro lado, é também uma alternativa aos que não apreciam novelas e que fugiam para o cabo a essa hora. Sobre os apresentadores, acho que a Vera se estreou em televisão com o pé direito. Já sobre o João Paulo, não há muito a dizer, continua com a mesma postura e o mesmo registo.

-Segunda temporada para “Bem-vindos a Beirais”
Nota: 14/20
Quando as coisas correm bem, merecem ter uma nova temporada/edição. “Bem-vindos a Beirais” conseguiu levantar o horário onde é exibido, que estava completamente na lama aquando ocupado por “Sinais de Vida”, que raramente fazia mais de 5% de share. É uma série que se vê bem, daquelas a que a RTP já nos habituou, mas mais virada para o quotidiano de uma aldeia/vila. A série agradou e será assim prolongada.

-“Cante Se Puder” para os domingos da SIC
Nota: 15/20
Acho que o “Cante Se Puder” foi uma boa aposta por parte da SIC. É um programa mais leve (apesar de ter algumas cenas que podem chocar os mais sensíveis) e descontraído, que também se enquadrava muito bem ao sábado à noite. O facto de ter concorrentes anónimos e famosos dá também uma harmonia ao programa. Destaque para os apresentadores César Mourão e Andreia Rodrigues, que fazem uma bela dupla. Como ponto negativo tem apenas o facto de não ser em direto.

-“Dança com as Estrelas” para os domingos da TVI
Nota: 15/20
Nunca gostei muito de programas sobre dança, mas é sempre interessante ver actores, cantores, futebolistas ou toureiros a saírem da sua zona de conforto e a dançarem estilos como valsa, chá-chá-chá ou jazz. O ponto mais forte é mesmo esse, o facto dos concorrentes serem caras bem conhecidas do público e serem das mais fortes da estação. Sobre a apresentadora, Cristina Ferreira, acho que podia ter estado melhor, faltou-lhe algum ‘glamour’ para a situação, é algo a melhorar. De realçar o profissionalismo de todos os envolventes, que seguiram com o programa, mesmo com um colega no Hospital em estado grave.

Paulo

-Escolha de “OK KO” para o horário nobre da TVI
Nota: 8/20
O “OK KO” é mais um exemplo de como os canais generalistas não passam sem se copiarem uns aos outros, mesmo naquilo que cada um tem e faz de pior.
Era de esperar que com a mudança de Diretor-Geral se corrigisse o desnorte vivido no canal, no entanto isso não aconteceu e o horário nobre continua a ser remendado sem fim à vista!
É um mau programa e como tal as audiências não tardarão a corresponder, empurrando a TVI para mais uma crise de audiência que poderá ser suficiente para pôr em risco a liderança no “all-day”, que será certamente penalizador para os programas da próxima rentrée, em particular para “Belmonte” que em princípio deverá assumir o horário de “OK KO” nas ruas da amargura.

-Segunda temporada para “Bem-vindos a Beirais”
Nota: 6/20
Eu não concordo com ficção diária em horário nobre na RTP1. Este é um modelo dos canais privados e a estação pública deveria procurar fazer a diferença, quer nos conteúdos oferecidos – evitando o mesmo tipo de oferta, quer nos formatos.
Esta é a segunda vez que prolongam esta série/novela, primeiro encomendaram mais episódios e agora aumentam a parada e encomendam uma segunda temporada. Como está mais que comprovado este tipo de gestão conduz a uma degradação do produto, gerando uma avaliação ainda mais negativa.
Depois é mais uma das incongruências da atual Direção que apregoa uma coisa e faz outra.

-“Cante Se Puder” para os domingos da SIC
Nota: 6/20
A SIC continua a apostar numa linha de entretenimento pouco eficaz. Este programa assim como os seus antecessores não deverá marcar a diferença no horário. Na minha opinião, a SIC continua a baixar a fasquia nos conteúdos emitidos, construindo uma imagem cada vez mais negativa do seu entretenimento. Para agravar a situação terá de recorrer a uma reposição para completar a programação da noite. Este programa era completamente dispensável podendo ter recorrido a ‘prata da casa’, investindo tudo no programa da próxima rentrée. No entanto nenhuma das coisas acontecerá, estando confirmado o “The X Factor” para a rentrée que a meu ver não responderá às necessidades da estação. Este faria algum sentido nas noites de sábado atendendo ao perfil de programa, à sua duração e aos conteúdos habitualmente emitidos pela SIC.

-“Dança com as Estrelas” para os domingos da TVI
Nota: 12/20
De entre todas as novidades apresentadas pelos canais generalistas neste verão, o “Dança com as Estrelas” é sem dúvida o que gera maior expectativa, essencialmente devido ao facto de ser o primeiro projeto a solo de Cristina Ferreira.
Não é um formato inédito na televisão portuguesa, mas o hiato de cinco anos entre as duas versões e a nova roupagem com que deverá ressurgir deverão ser suficientes para assegurar bons resultados para a TVI.
Pelo menos a TVI continua a pautar-se pela ‘grandiosidade’ dos programas emitidos no domingo à noite, o que tem o seu valor e isso depois reflete-se nas audiências.
De notar ainda que é mais formato perdido pela RTP para a concorrência depois de acontecer o mesmo com o “Aqui Há Talento!”.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close