Pilotos que salvam vidas no Evereste protagonizam nova série do Discovery


Discovery Channel

Pilotos que salvam vidas no Evereste protagonizam nova série do Discovery Channel

Todos os anos há centenas de pessoas a escalar o Evereste. No entanto, por cada 10 pessoas que chegam ao cume, uma morre a tentar.

O Discovery Channel estreia o documentário “Resgate no Evereste”, que faz subir as câmaras do canal até às nuvens para mostrar o dia-a-dia do grupo de pilotos de helicópteros e equipas médicas que constituem a única oportunidade de salvação dos alpinistas acidentados, presos e doentes que necessitam de um resgate urgente na cordilheira mais perigosa do mundo.

“Resgate no Evereste” chega ao Discovery Channel no dia 22 de março às 21h.

Um ano depois do terremoto tibetano que acabou com milhares de vidas, os mais decididos e corajosos alpinistas do mundo regressaram aos Himalaias para conquistar a montanha mais alta e icónica do planeta, enfrentando ventos a mais de 320 km por hora, tormentas de neve, avalanches, falta de oxigénio e temperaturas que oscilam entre os 40 e os 20 graus… abaixo de zero.

No entanto, estes desportistas radicais não são os protagonistas de ‘Resgate no Evereste’. Os protagonistas da nova série documental do Discovery Channel, que estreia no dia 22 de março às 21h, são uma estranha raça de pilotos de elite capazes de por em risco as suas vidas para socorrer os alpinistas e salvá-los da morte.

“Resgate no Evereste” segue a atividade diária do grupo de pilotos de helicópteros e equipas médicas que atendem chamadas de emergência durante a temporada de escalada de 2016, tanto nas suas arriscadas incursões pela montanha, em busca das vítimas, como na sua vida íntima, quando a missão termina e voltam a casa para as suas famílias.

Assim, o canal vai apresentar veteranos dos ares como o neozelandês Jason Laing, reconhecido com o prémio Piloto do Ano 2016 pelos esforços de resgate e recuperação após o terramoto de 2015; novatos do Evereste como o americano Ryan Skorecki, que começou a pilotar helicópteros em 2004 e já acumulou 6000 horas de voo, e o suíço Lorenz Nufer; os nepaleses Surendra Paudel, que foi piloto do exército durante oito anos e já salvou a vida a muitas pessoas nos Himalaias, Ananda ‘Andy’ Thapa, que vem da aviação comercial, e o capitão Siddartha Gurung, que já leva na carteira 18 anos a sobrevoar as montanhas nepalesas e que conhece os Himalaias como ninguém.

Ao longo de seis capítulos que serão emitidos com episódios duplos a cada semana, durante três semanas, os espetadores do Discovery Channel vão descobrir os pilotos e as suas máquinas a sobrevoar as montanhas em busca de vidas para salvar. Durante as missões, vais ser possível ver que o tempo é essencial quando o trabalho tem de ser desenvolvido em altitudes incompatíveis com a vida humana.

Por fim, será ainda possível comprovar que a maior dificuldade que os pilotos enfrentam é decidir dar prioridade ao seu impulso de salvar os acidentados e feridos ou dar atenção ao senso comum e adiar a saída até que as condições sejam mais seguras e permitam fazer um resgate com um risco menor de provocar um acidente.

“Resgate no Evereste” estreia no dia 22 de março às 21h no Discovery Channel.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close