Ex-concorrentes do “Secret Story 1” condenam decisão da TVI

A “Casa dos Segredos – Desafio Final” estreou no passado domingo e contou só com os concorrentes da segunda e terceira edição do reality show da TVI.

Segundo os rumores da imprensa especializada, a verdade é que Teresa Guilherme não quis os concorrentes do primeiro “Secret Story” porque não os conhecia. Esta afirmação não chegou muito bem aos ex-participante e eles condenam a sua atitude.

António Queirós, vencedor do “Secret Story 1”, admitiu à Notícias TV ter ficado «surpreendido» com esta decisão da TVI.

«A Teresa podia vir a conhecer-nos. Se calhar até podia ficar surpreendida. Até porque nós somos muito diferentes destas duas edições. Éramos mais maduros, mais velhos», contou o o ex-concorrente.

Também Hugo F. condena a atitude da TVI e vai mais longe: «Penso que não deve ter que ver com a rivalidade entre a Júlia e a Teresa, mas se calhar o problema é esse. Ainda assim, nós pertencemos ao mesmo programa e, se este é o desafio final, também devíamos ter sido convidados. Seríamos uma mais-valia. Fomos pioneiros neste reality show em Portugal. É injusto terem-nos posto de lado. O sucesso que a Casa teve foi às nossas custas»

Mesma opinião tem Jade Carpinteiro, chegando até a atacar Teresa Guilherme: «Parece que nos querem fazer esquecer. A Teresa devia tentar conhecer-nos. Não olhar para nós como sendo concorrentes da Júlia».

Já a famosa ‘Veríssima’ considera que a justificação de Teresa Guilherme «tem toda a lógica» e que «não tem nada que ver com a ‘guerra’ com Júlia Pinheiro.»

«Somos os meninos da Júlia, mas não temos culpa. A Teresa tem as preferências dela e é algo absolutamente normal», esclareceu a jovem.

Confrontado com a NTV, Luís Cunha Velho justifica a medida tomada pela TVI e Endemol: «Não tem nada que ver com esquecer a herança de Júlia Pinheiro. Nem sequer pensámos nisso. Mas se convidássemos os concorrentes da primeira edição seria um número exagerado de candidatos», começa por dizer o diretor-geral da TVI, « a segunda edição foi fortíssima e sabíamos que havia uma apetência e uma vontade de alguns deles em voltar à Casa».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close