Fim dos Gato Fedorento pode estar para breve


meo

Sem projetos em televisão, o grupo humorístico mais famoso de Portugal apenas pode ser visto na campanha publicitária do Meo. Os Gato Fedorento não têm uma presença regular em televisão desde o fim do “Gato Fedorento Esmiuça os Sufrágios”, transmitido na SIC, durante um mês, até outubro de 2009.

A Correio TV desta semana apurou que, apesar de ainda ser hipótese a renovação do acordo com o Meo, é também possível que os ‘Gato’ deixem de ser a imagem da distribuidora de televisão por cabo. O grupo de humoristas foi fundamental na conquista de notoriedade do Meo, mas a verdade é que o facto de estarem ausentes da TV há mais de 2 anos retira mediatismo ao grupo como indicam alguns estudos de mercado feitos pela PT.

O contrato que liga os ‘Gato’ à PT é pago a peso de ouro. Cada um recebeu da operadora, apurou a mesma revista, cerca de 560 mil euros por dois anos. Ricardo Araújo Pereira, afirmou em 2011, que este «contrato com a PT era irrecusável» porque, continuou, está «a pagar a universidade das minhas filhas e elas ainda estão na primária».

Ricardo Araújo Pereira está, neste momento como comentador residente do programa “Governo Sombra” que é emitido na TVI24 e na rádio TSF. José Diogo Quintela foi juri no talent show “Portugal Tem Talento”, apresentado por Bárbara Guimarães. O humorista dividia a bancada com Ricardo Pais e Conceição Lino.

Luís Marques, administrador da Impresa, dona da SIC, confessa à Correio TV que «Gostaria que estivessem a fazer televisão, mas eles tomaram esta opção [de estarem afastados]». Luís Marques esteve envolvido na transferência do quarteto para a RTP, em 2005, e, posteriormente no regresso à SIC, em 2008.

O grupo nasceu da amizade dos seus 4 membros e da criaçao de um blog com o nome Gato Fedorento, em homenagem à canção Smelly Cat, cantada por Phoebe Buffay (Lisa Kudrow) na série “Friends”. A primeira aparição em televisão foi na SIC Radical com as séries Barbosa e Fonseca. Seguiu-se a série Lopes da Silva, já na RTP e o “Diz Que é Uma Espécie de Magazine”, na mesma estação. A ligação dos Gato Fedorento à televisão pública terminou com o evento de fim de ano “Diz Que é Uma Espécie de Reveillon”. De regresso à SIC apresentaram a série “Zé Carlos” e o “Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios”.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close