Gabriela Sobral comenta os destaques de “Amor Maior”


Amor Maior

Amor Maior

Gabriela Sobral, diretora de conteúdos da SIC foi assistir às gravações do casamento de Clara (Sara Matos) e Manel (José Fidalgo).

Os protagonistas de “Amor Maior” deram o nó na trama de Inês Gomes numa cena que irá para o ar brevemente e que não está guardada para o final da novela, como é habitual.

Satisfeita com o elenco reunido, a gestora da ficção de Carnaxide contou à TV7 Dias quais são, para si, os grandes destaques do elenco.

«Eu gosto é dos maus, têm mais graça», começou por fizer Gabriela Sobral, acrescentando depois que: «A minha personagem preferida é a Francisca, que é má como as cobras, até porque como conheço bem a Inês acho muita graça, porque ela está a fazer um papel incrível».

Habituada a escolher elencos há vários anos, num trabalho que já fazia anteriormente na TVI, a diretora da SIC considera que a Francisca de “Amor Maior” vai mesmo marcar a carreira de Inês Caste-Branco.

«Enquanto representação, este é o papel da vida dela, sem dúvida alguma. As personagens más é que dão gozo fazer, porque as outras, no fundo, é fazer um bocadinho delas próprias, não é», salienta a patroa das novelas da SIC.

O núcleo cómico também não ficou esquecido e mereceu uma menção: «Gosto muito da Dolores, da Maria João Abreu, e daqueles bonecos que ela faz, confesso».

A protagonista também não fica de fora daqueles que são os destaques de Gabriela Sobral. «Gosto muito do trabalho da Sara [Matos]. Acho que está a fazer um papel inacreditável. Se calhar, o papel mais difícil em termos de representação é o dela. Fazer de boa é sempre muito difícil, fazer de má é difícil também, mas é fora da nossa zona de conforto. Fazer de boa e ser credível é muito difícil, ainda por cima porque ela passa a novela inteira a chorar. A sofrer, a sofrer, a sofrer…», opina a responsável.

Por fim Gabriela Sobral deixa uma palavra ao elenco mais jovem de “Amor maior”: «E depois estou babada com o elenco juvenil, estou esmagada com estes miúdos. Eles são todos muito bons, principalmente a Beatriz Frazão [Daniela]. A miúda é de facto extraordinária. Eles todos me dizem que a miúda lhes dá dez a zero. Há dias que saem daqui esmagados com a contracena da miúda. Acho que temos aqui um diamantezinho que, no futuro, vai ser outra Mariana Pacheco ou outra Joana Ribeiro», conclui à TV7 Dias.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close