“História a História África” estreia este fim de semana na RTP2


História a História África

“História a História África” chega à RTP2

Este domingo, dia 15 de outubro, às 21h, a RTP2 estreia o “História a História África” que vai tratar das relações entre Portugal e África.

Com autoria do historiador Fernando Rosas e produção da Garden Films, “História a História” regressa aos ecrãs, desta vez exclusivamente dedicada à história colonial portuguesa em África.

Agora denominada “História a História África”, com emissão na RTP2 (domingos, às 21h00) e RTP África (terças, às 21h00), irá permitir-nos aprofundar o nosso conhecimento da influência e presença de Portugal nos países africanos.

Para o Prof. Fernando Rosas, “História a História África é uma revisitação do colonialismo moderno português desde finais do séc. XIX até 1975, que contempla as políticas coloniais dos vários regimes deste período – Monarquia Constitucional, República, Estado Novo – das resistências a elas e dos seus desenlaces.

O programa é baseado numa investigação feita em arquivos documentais e audiovisuais e vem inserir-se no debate em curso sobre as políticas coloniais portuguesas no mundo da sua época.”

Filmada em Angola, Moçambique, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Portugal, “História a História África” começa nas guerras de ocupação e nas campanhas de pacificação, no século XIX, e atravessa diversas dimensões da história imperial portuguesa: as políticas coloniais da Primeira República e do Estado Novo; os projetos de povoamento branco; as diferentes formas de exploração da mão-de-obra nativa e as políticas segregacionistas; as atrocidades cometidas pela PIDE nos territórios africanos; a manutenção da escravatura; os massacres não reconhecidos oficialmente; a origem dos movimentos de libertação; as grandes obras do império em Moçambique e Angola; a Guerra Colonial; a organização das lutas armadas; a insurreição dos colonos; o retorno.

Pela mão do historiador Fernando Rosas visitaremos os espaços mais simbólicos e marcantes da história do antigo Império Português. Uma oportunidade única para ficar a conhecer alguns dos episódios da nossa história comum, como nunca antes foi contada.

“História a História África” é o resultado de dois anos de trabalho de investigação própria, recolha de materiais iconográficos e documentais, escrita dos guiões e gravações em África. Ao longo de 13 episódios serão abordados temas inéditos em televisão e mostrados locais de difícil acesso.

TRÊS PRIMEIROS EPISÓDIOS

01. AS GUERRAS DE OCUPAÇÃO

O moderno colonialismo começa com a corrida pela partilha de África entre os impérios e países coloniais europeus. Proibido o tráfico de escravos, tratava-se de ocupar militar e administrativamente os territórios e de os explorar economicamente em novos moldes. É o início do ciclo africano do Império.

02. DIAMANG – UM ESTADO DENTRO DO ESTADO

A DIAMANG foi a maior companhia colonial do ciclo africano do Império e um dos cinco maiores produtores de diamantes do mundo. Em meados dos anos 50, ocupava na Lunda em Angola, o equivalente a quase um terço da superfície de Portugal Continental. Governava com poderes majestáticos uma população de 80 mil pessoas. Era um Estado dentro do Estado.

03. O IMPÉRIO DE SALAZAR

A Ditadura Militar e o Estado Novo herdaram o património colonial da Monarquia e da República liberais. Acentuaram a descriminação racial com o Estatuto do Indígena. Estenderam a imposição do trabalho forçado e liquidaram os derradeiros focos de resistência nativista. Para os povos de África pouco mudava, a não ser para pior.

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close