Ivo Canelas não concorda com a mudança de horário de “Os Filhos do Rock”


Ivo Cabelas vive um dos protagonistas de “Os Filhos do Rock”, a série de época que a RTP1 exibe em latenight.

O ator aceitou este trabalho por causa do responsável do projeto: «Gosto muito de trabalhar com o Pedro Varela porque gosto da forma como ele realiza e escreve. Quanto ao projeto em si, achei-o interessante, não pelo lado nostálgico, mas por poder revisitar um período de uma energia muito especial», confessou à Notícias TV.

A sua personagem, Xavier Bastos, nasceu«de uma mistura de influências. O locutor Luís Filipe Barros foi sem dúvida uma inspiração. Ele partilhou comigo imensas histórias e li o livro dele. António Sérgio, que já morreu, também foi uma inspiração. Acima de tudo, houve uma inspiração no espírito de modernidade de alguns radialistas portugueses, que trouxeram música de fora e tentaram divulgar e promover o rock em português. Esta não é uma personagem real, mas inspirada em personagens reais», confessa.

«Em termos de conceito», o ator é da opinião que a série correspondeu absolutamente às suas expectativas», no entanto, não concorda com a mudança de horário.

“Os Filhos do Rock” começou a ser transmitida no horário nobre de domingo e passou para o latenight de sábado, tendo perdido cerca de um terço dos espectadores. «Acho sempre preferível manter-se um horário. Se a série é dirigida para um horário da meia-noite ou das oito da noite, isso é uma decisão do canal. Por outro lado, com a RTP Play e a Meo quem quer mesmo ver a série põe a gravar», referiu à NTV e acrescentou que «mudar o horário cria sempre instabilidade».

Ivo Canelas considera “Os Filhos do Rock” uma série de qualidade e espera que a queda de espectadores «tenha sido por causa da alteração do horário e não em relação ao produto».

O Xavier da produção de época da RTP acha que a série nunca deveria ter mudado de horário: «É uma série ousada para um canal generalista. Se fosse no cabo, talvez… O horário que foi escolhido nos primeiros episódios era melhor. A minha avó materna, pelo menos, preferia ao domingo. [risos] Ela via a série».

Partilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Noticias relacionadas

Ao continuar a utilizar este site, está a concordar com o uso de cookies. Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close